Grandes duelos na Champions League

 

Quarta rodada será decisiva para que algumas das equipes conquistem a classificação para a próxima etapa

 

Os times dos grupos A, B, C e D estão prontos para entrar em campo, na tarde desta terça feira (31), e mostrar o seu melhor futebol. Todos muito bem preparados e conscientes de sua situação na tabela. É ganhar ou ganhar para alguns, enquanto que para outros existe tranquilidade, pois o acesso à próxima fase já é quase garantido. O Blog Mulheres em Campo fez um apanhado geral do cenário e comenta as últimas informações antes das partidas. A tabela completa está no final da matéria.

 

Grupo A: Só a vitória interessa ao Benfica

Último treino do Benfica antes do duelo  Foto AFP.jpg

Último treino do Benfica antes do duelo.  Foto: AFP

Nem mesmo um empate poderá salvar a equipe portuguesa de uma desclassificação, que depois de três derrotas., enfrenta o poderoso Manchester United, com a vantagem de duelar em Old Trafford. Ambas as equipes jogam com toda a sua força, sem nenhum desfalque.

O treinador do Benfica, Rui Vitória afirmou, em entrevista coletiva, que no futebol “não há impossíveis”.

“Já demos prova de que os momentos mais difíceis são ultrapassados com superação da nossa parte e amanhã vamos à procura disso. Acredito na vitória. Há jogos difíceis, mas temos exemplos de que não há impossíveis. Sou o primeiro a acreditar se não nem cá vinha. O adversário deve ter um ou outro defeito e vamos tentar explorá-lo. Vamos à luta, pois o conformismo não faz parte do nosso dicionário. Vamos fazer pela vida”, analisou.

O apuramento é o objetivo da equipe inglesa. O técnico José Mourinho almeja ser o primeiro da chave e disse que seu grupo está motivado para a conquista.

“Dez pontos serão suficientes para a qualificação. Um empate não será mau. Vamos jogar, ver o que é possível, sabendo que é um jogo difícil. Não estou desiludido com o desempenho do Benfica até agora, mas nestas provas, por vezes, um mau resultado no primeiro jogo poderá causar efeitos para o resto dos jogos. Vi o jogo contra o CSKA e foi difícil perceber como é que o Benfica perdeu esse jogo”, comentou.

 

Grupo B: Dois Sansões contra os Golias

O PSG pode obter a classificação na rodada  Foto AFP.jpg

PSG pode obter a classificação na rodada.  Foto: AFP

A brincadeira do título traduz a difícil disputa das equipes do Celtic e Anderlecht contra duas outras consideradas grandes máquinas do futebol europeu, o Bayern de Munique e o Paris Saint-Germain.

Os alemães jogam sem seu atacante Thomas Müller, que desfalcará o grupo por três semanas devido a uma lesão muscular sofrida no fim de semana. De acordo com o comunicado do Bayern, Müller sofreu um estiramento na coxa direita na vitória sobre o Hamburgo por 1 a 0 no último sábado, pelo Campeonato Alemão.

O Anderlecht segue na competição respirando por aparelhos. Eles ainda não pontuaram, nem marcaram um gol. São poucas as chances de uma classificação e estão prestes a encarar o PSG. O técnico do Anderlecht, Hein Vanhaezebrouck, em coletiva, disse não pretender levar outra goleada dos franceses.

“O jogo contra o Brugge é mais importante, mas vamos jogar contra uma das melhores, senão a melhor equipe da Europa e do mundo no momento. Não estamos aqui para sermos massacrados. Caso contrário, eu ficaria em casa. Nunca começo um jogo para evitar danos. Nós precisamos acreditar que podemos ser mais eficazes”, afirmou.

 

Grupo C: Troca de gentilezas entre Conte e Mourinho

Diego Simeone tem a missão de classificar o Atletico de Madri Foto Getty Images.jpg

Diego Simeone tem a missão de classificar o Atletico de Madri. Foto: Getty Images

O clima pesou entre os técnicos do Chelsea e da Roma. Tudo começou com uma declaração do português que comanda a equipe italiana, em coletiva de imprensa: “os "Diabos Vermelhos" estão com o departamento médico cheio”.

Antonio Conte, visivelmente irritado, não perdeu a oportunidade de rebater a alfinetada e disse que: "Ele se preocupa muito com o Chelsea. Tem que pensar no time dele."

E não parou por aí. Mourinho retrucou: "Se eu quisesse reclamar, poderia ficar chorando como fazem os outros por cinco minutos, já que perdi Ibrahimovic, Fellaini, Pogba, Roja. Eu nunca falo sobre lesões. Outros técnicos choram, choram e choram quando um atleta se machuca", completou.

Conte, que reclamou de poder não contar com os lesionados Kanté, Moses e Drinkwater no jogo contra a Roma, então, devolveu.

"Você acha que o que ele (Mourinho) falou foi para mim? Se ele estivesse falando sobre mim, o que eu acho é que ele tem que tomar conta do time dele e começar a se preocupar só com ele mesmo, e não com os outros", disparou.

Com o empate de quarta, os Blues foram a 7 pontos e seguem liderando o grupo C, com dois de vantagem sobre a Roma e cinco sobre o Atlético de Madri, os outros postulantes à vaga nos mata-matas. O jogo promete.

Distante das brigas pessoais, Diego Simeone encara outro desafio. O técnico do Atlético de Madri corre o risco de ser eliminado ainda na primeira fase do torneio se sua equipe não vencer o Qarabag. Os espanhóis somam apenas três pontos.

"O êxito que teve a equipe nesses últimos anos a colocou numa situação na qual qualquer resultado que não seja a excelência gera críticas. Temos que conviver com isso se queremos crescer. Prefiro isso que viver no anonimato. Só vale a vitória. Esse momento me encanta. Confio nos meus jogadores e estou tranquilo”, disse.

Simeone terá que lidar com desfalques que podem fazer muita falta em campo. O meia espanhol Koke e o atacante belga Yannick Carrasco, ambos lesionados, não foram relacionados.

 

Grupo D: Dois gigantes com as mãos na classificação

Somente a vitória interessa ao Sporting  Foto AFP.jpg

Somente a vitória interessa ao Sporting.  Foto: AFP

O Sporting precisa vencer a Juventus para pensar em prosseguir e, mesmo com desfalques, o técnico Jorge Jesus acredita que sua equipe lutará com honra até o fim.

“Estes jogos de Champions League, ainda para mais num grupo com Juve e Barça, deram para ver que o Sporting tem qualidade. Não somando pontos, soma-se pelo menos prestígio. Temos todo o prazer em defrontar a Juve, uma equipe com grande qualidade coletiva e individual, que nos vai criar imensos problemas, mas também temos capacidade para lhes criar problemas, para disputarmos novamente o jogo em termos de resultado. Estamos preparados para isso, trabalhamos para isso”, alertou.

Já Massimiliano Allegri sabe que só com uma grande exibição pode garantir a classificação antecipada. O técnico da Velha Senhora não espera um Sporting menos forte apesar de ausências importantes

“O Sporting é uma equipe com tradições na Europa. Daqui saíram muitos jovens para o futebol europeu e mundial. Para nos qualificamos temos de fazer um grande jogo, e isso não será fácil. Em casa tem realizado exibições muito boas. Colocaram dificuldades ao Barcelona e fora também têm conseguido bons resultados. Temos de gerir muito bem o jogo para perceber quando e como podemos jogar. Queremos uma prenda para os adeptos e para nós, e o objetivo é alcançar um resultado positivo”, afirmou.

O outro confronto do grupo D será entre Barcelona e Olympiacos, no Estádio Karaiskakis, em Atenas, na Grécia. Para garantir a classificação antecipada, basta vencer e manter sua primeira colocação no grupo, com 100% de aproveitamento. Os gregos estão na lanterna sem nenhum ponto conquistado.

Ernesto Valverde, técnico dos catalães, está confiante na vitória.

“Essa rodada vai encaminhar muita coisa, mas não vejo como fundamental para a gente o outro jogo. Se ganharmos a nossa partida, acredito que vamos nos classificar, mesmo que a matemática diga não. Falo isso porque um triunfo nosso praticamente, dependendo do que acontecer em Portugal, abrirá um choque direto entre Juventus e Sporting pelo segundo lugar”, comentou.

 

Carla Andrade

Fontes: Site da UEFA / Gazeta Esportiva