Terceira rodada da Champions League chega ao fim

As equipes que disputaram as partidas realizadas na tarde da última quarta (18) mostraram bom futebol e seus jogadores fizeram gols através de jogadas incríveis. Um deleite para quem acompanha a competição. E um jogador, em especial, comemorou um feito. Lionel Messi tornou-se o segundo jogador a atingir os 100 gols em competições de clubes da UEFA. O argentino marcou 97 tentos na Liga dos Campeões e três na Super Taça Europeia em apenas 122 jogos. Abaixo, um resumo das partidas dos grupos A, B, C e D.

 

Uma falha feia do arqueiro no Grupo A

E o erro do belga Svillar custou caro ao Benfica que segurou o forte ataque do Manchester United pressionando sem parar. Até que, aos 18 minutos, após cobrança de falta por Rashford, a grande promessa da posição entrou com a bola dentro do gol.

O Benfica não finalizou uma só vez na segunda etapa, enquanto os ingleses fizeram cinco e deram trabalho para Svilar, que não se deixou abalar pela falha e foi aplaudido pela torcida ao fim da partida.

E o jogo acabou com o placar de 1 x 0 para os ingleses. O time português continua sem marcar pontos e vencer enquanto o rival segue com 100% de aproveitamento.

Manchester City venceu o Benfica  Foto de Patrícia de Melo AFP.jpg

Foto: Patrícia de Melo AFP

 

No outro duelo do grupo A, o Basel visitou o CSKA Moscou e saiu com uma importante vitória por 2x0.

Com os resultado, o Manchester continua na liderança com 9 pontos, seguido do Basel, com 6, do CSKA Moscou, com 3 e, por último o Benfica.

 

O Baile do Trio MCN no Grupo B

O PSG joga de uma forma linda de se ver. E na vitória sobre o Anderlecht, por 4 x 1, o time dançou um balé em campo. Passes precisos, lançamentos perfeitos, marcação exemplar e talento individual de sobra marcaram a partida.

O que mais esperar de uma equipe que tem Mbappé, Cavani e Neymar? Gols. E cada um fez o seu. O não menos talentoso, Di María fechou a goleada. E eles começaram cedo. Aos três minutos, Mbappé abriu o placar ao receber um passe certeiro de Verrati e chutar. O segundo foi uma pintura. A jogada toda foi um deslumbre. Neymar chutou de fora da área e o goleiro até defendeu, mas a bola voltou para Mbappé. Este jogou de cabeça para o meio e Cavani apareceu para deixar a sua contribuição.

No segundo tempo, Neymar sofreu falta bem na entrada da área e cobrou no estilo Ronaldinho Gaúcho, por baixo da barreira.

Minutos antes do final da partida, Di María deixa o dele aproveitando uma falha absurda da zaga do Anderlecht. Oportunista, aproveitou a oportunidade e bateu na saída do goleiro. O PSG marca nove pontos em três jogos. 100% de aproveitamento e praticamente a classificação garantida para as oitavas de final.

Mbappe e Cavani depois do gol do PSG  Foto AP Photo Geert Vanden Wijngaert.jpg

Foto: Geert Vanden Wijngaert

 

O Bayern de Munique também mostrou um belo jogo na vitória sobre o Celtic por 3 x 0, segundo comandado por Jupp Heynckes. E o time marcou na frente, aos 17 minutos Müller aproveitou rebote do goleiro em defesa de cabeceio de Lewandowski.  Aos 29min, Coman driblou na esquerda e levantou para Kimmich, que cabeceou e encobriu o arqueiro para marcar um dos gols mais belos da rodada. Em sua centésima partida na Champions, Robben cobrou escanteio perfeito para Hummels colocar a bola no fundo da rede e fechar o placar.

Robben e Hummels comemoram gol do Bayern Foto Getty Images.jpg

Foto: Getty Images

Com o resultado, os alemães fazem seis pontos e garantem a vice-liderança do grupo. O Celtic aparece em terceiro lugar com três pontos, e os belgas do Anderlecht, sem pontos, seguem na lanterna.

 

Partida que foi um espetáculo no Grupo C

Foi um belo jogo em Londres. Com seis gols, que formaram o empate por 3 a 3,

Chelsea e Roma fizeram um dos jogos mais eletrizantes da terceira rodada da Liga dos Campeões. Foram seis gols no empate, mais do que justo, de duas equipes aguerridas no campo do Stamford Bridge.

David Luiz, Morata  e Hazard marcaram para o clube inglês. A Roma reagiu e o primeiro gol saiu com uma bonita jogada individual de Kolarov. No segundo tempo, Dzeko fez dois.

David Luiz, com Morata logo atrás, comemora o gol Foto de Glyn Kirk AFP.jpg

Foto: Glyn Kirk AFP

 

Na outra partida do grupo, o Atlético de Madrid empatou com o Qarabag por 0 a 0. As duas equipes tiveram chances de tirar marcar. No entanto, pecaram nas finalizações. E o time do técnico Simeone não aproveitou a vantagem de jogar os últimos quinze minutos com um jogador a mais, já que Ndlovu foi expulso.

Com o resultado, o Chelsea chegou aos sete pontos, contra cinco dos italianos. O Atlético de Madrid com apenas dois pontos.

 

Vitória dos gigantes Juventus e Barcelona no Grupo D

Triunfos previsíveis das duas equipes mais fortes desta chave. Mesmo que a Velha Senhora não tenha exibido o seu melhor e tido certa dificuldade em virar o jogo contra o Sporting, o talento falou mais alto.

Os visitantes abriram o placar com falha de Alex Sandro, aos 12 minutos. Após lançamento, o brasileiro não conseguiu cortar e a bola caiu nos pés de Gelson Martins que mandou para o gol. Buffon fez grande defesa. Porém, no rebote, o lateral-esquerdo marcou contra. O empate veio em cobrança de falta do meia Pjanic que chutou com o pé direito no ângulo do goleiro Rui Patrício.

No segundo tempo, a Juventus pressionou muito e aos 39 minutos, o atacante Mandzukic marcou o segundo e garantiu a vitória.

O Barcelona jogou em casa contra a equipe do Olympiacos, que pouco pôde fazer contra o ataque avassalador espanhol, e venceu por 3 x 1. E o time catalão jogou o segundo tempo sem um dos seus defensores. Piqué foi expulso. Mesmo assim, segue com 100% de aproveitamento na competição. Os gols foram marcados por Marios Nikolaou, Lionel Messi e por Lucas Digne.

Time do Barcelona fez outra partida perfeita  Foto de Lluis Gene AFP.jpg

Foto: Lluis Gene AFP

Desta forma, o Barcelona é o líder do grupo e a Juventus vice-líder. O Sporting é o terceiro e o Olympiacos vem na lanterna.

 

Carla Andrade

Fontes: Site da UEFA / Gazeta Esportiva