A BASE RESOLVEU MAIS UMA VEZ

Com grande partida de Cosendey e Caio Monteiro, Vasco vence de virada e goleia o América-MG .

 

Uma goleada no meio de semana, eliminação, brigas políticas, invasão de torcedores no treinamento, desconfiança e a pergunta era: como o time Vasco vai se comportar no meio de todo esse caos e bagunça? Não me canso de dizer que pode não ser o melhor time, mas uma coisa que não falta é comprometimento, como já foi mostrado outras vezes. Dessa vez não seria diferente. Pra quem perguntava sobre ele, o time da virada tá aí. Poucos torcedores compareceram a São Januário, o que diante de todo esse cenário era até compreensível. Mas quem estava no estádio, em casa, nas redes sociais ou até mesmo ouvindo pelo rádio ficou surpreso ao ver Caio Monteiro como titular na escalação. O outra coisa que não passou despercebido pela torcida foi como o Wellington, depois dos erros que vem cometendo nas últimas partidas e depois do jogo ridículo de quarta feira, ainda foi escalado como titular??? Bom, é melhor a gente falar do jogo...

 

(Fonte: Paulo Fernandes / vasco.com.br)

 

O jogo no primeiro tempo não foi um dos melhores e serviu mais pra gente passar raiva mesmo, o time até que tentava armar as jogadas mas quando finalmente conseguia, na hora de finalizar não dava muito certo e acabavam cometendo os mesmos erros de algumas outras partidas perdendo muitos gols. Thiago Galhardo, assim como nos outros jogos, era quem comandava o time dentro de campo, enquanto isso, o América parecia jogar por uma bola, um contra ataque esperando um vacilo do Vasco e não é que aconteceu isso mesmo? Aos 28' minutos o melhor jogador do time na partida até então, chegou atrasado na jogada e cometeu falta dentro da área, pênalti pra eles. Rafael Moura cobrou bem e colocou o coelho na frente 0-1. Como ultimamente no Vasco tudo que está ruim pode piorar, no lance do pênalti Thiago Galhardo acabou se machucando e sendo substituído em seguida.

 

Mas a noite de sábado estava reservando uma surpresa não só para a torcida mas também para um jovem jogador, que é sempre pedido por todos, em todos os jogos, porque ninguém aguenta mais o Wellington: o Bruno Cosendey. Ele entrou no time finalmente, dessa vez não no lugar de quem a gente queria, mas para substituir o Galhardo e mudar o jogo.

 

Cosendey e Caio
(Fonte: Twitter)

 

 

No segundo tempo o time voltou com mais vontade e decidido a virar a partida, assustou o adversário desde o início, até que aos 11', Caio Monteiro recebeu um lindo passe de Paulão (não você não leu errado) e cruzou para o volante Bruno Cosendey fazer um belo gol no estilo centroavante, gol do empate 1-1.

 

Depois do gol, o time seguiu na pressão e em seguida teve repeteco do primeiro gol, aos 17' Paulão (sim, ele de novo) deu um lindo passe dessa vez para Bruno Cosendey dar a assistência para Caio Monteiro marcar o gol da virada do vascão com o selo Base Forte de qualidade 2-1.

 

Zé Ricardo resolveu mexer no time, tirou o autor do gol Caio Monteiro e colocou o também atacante Kelvin que bagunçou a defesa do América e, logo em seguida, aos 33', driblou quem estava na frente e deu o passe para Rios marcar o terceiro 3-1.

 

Só dava Vasco no jogo, Paulão tinha o nome gritado pela torcida e após um longo período parado se recuperando de uma lesão, Kelvin estava de volta fazendo o que sabe e nada mais justo que o gol para fechar a goleada do Vascão fosse dele né? Aos 45', após lindo lance de Desábato, o jogador recebe na entrada da área e de cabeça encobrindo o goleiro fez o quarto gol do gigante. 4-1 que poderia ter sido mais se o senhor bandeirinha não tivesse visto impedimento onde não tinha ainda no primeiro tempo…

 

Com a vitória e esperando o fechamento da rodada, o Vasco até o momento é o segundo colocado com 7 pontos e um jogo a menos. A próxima partida será na próxima quarta (9), onde vai fazer sua estréia na Copa do Brasil, contra o Bahia. Pelo Brasileirão, o time volta a campo no domingo (13) contra o Vitória em São Januário.

 

(Fonte: Paulo Fernandes / vasco.com.br)

 

FICHA TÉCNICA

VASCO DA GAMA 4 x 1 AMÉRICA-MG

 

Estádio: São Januário, em Rio de Janeiro (RJ)

Data/hora: 5/5/2018, às 19h (de Brasília)

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)

Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Tatiane Sacilotti Camargo (SP)

Público/renda: 3.311 pagantes/R$ 91.950,00

 

Cartões amarelos: Thiago Galhardo, Andrés Rios, Wellington, Wagner (VAS), Wesley, Norberto, Rafael Moura, Aylon (AME)

 

Gols: Rafael Moura 30'/1ºT (0-1), Bruno Cosendey 11'/2ºT (1-1), Caio Monteiro 17'/2ºT (2-1), Andrés Rios 33'/2ºT (3-1) e Kelvin 45'/2ºT (4-1)

 

VASCO DA GAMA: Martin Silva, Rafael Galhardo (Wagner 20'/2ºT), Paulão, Werley e Henrique; Leandro Desábato, Wellington, Thiago Galhardo (Bruno Cosendey 33'/1ºT) e Yago Pikachu; Caio Monteiro (Kelvin 24'/2ºT) e Andrés Rios. Técnico: Zé Ricardo.

 

AMÉRICA-MG: João Ricardo, Norberto, Rafael Lima, Messias e Carlinhos; Juninho, Wesley e Serginho (Julivan 40'/2ºT); Marquinhos (Capixaba 15'/2ºT), Rafael Moura (Ruy 28'/2ºT) e Aylon.

Técnico: Enderson Moreira.


 

Texto: Jessica Martins