A batalha do Acre...

Um jogo inesquecível e de tirar o fôlego!

 

Após 25 anos, o ASA conseguiu o tão sonhado retorno à série B do Brasileiro… Em um jogo de muitas emoções. A partida que marcou a volta do fantasma de Alagoas à segunda divisão, foi dia 16/08/2009 às 19:00 horas na Arena Floresta, em Rio Branco no Acre…  

 

Fonte: Extraída da Internet

 

O Jogo…

 

O Asa conseguiu chegar às quarta de final da Série C de 2009, enfrentando o Rio Branco na disputa já em formato de mata – mata para decidir qual time levaria o tão sonhado acesso.

O primeiro jogo aconteceu em Arapiraca/AL, e o resultado não foi nada favorável aos donos da casa. O Rio Branco veio com o time fechado, se defendia mais e buscava jogar no erro do adversário, e com uma belíssima estratégia, logo abriu o marcador, aos 33’ ainda da etapa inicial. A torcida do ASA que se fazia presente no estádio, se calou e ficou bastante apreensiva com o resultado parcial do jogo.  

O segundo tempo começou bem movimentado, logo aos 17’, em um cruzamento na área, Wendell cometeu falta em Júnior e o juiz atento, assinalou penalidade máxima, e para alegria da torcida presente, o experiente Nena acertou a batida e igualou o marcador. 1 x 1 foi o placar final da partida.

Um resultado não tão favorável para o ASA , o Rio Branco levaria a vantagem para sua casa.

A torcida alvinegra tinha mais alguns dias de apreensão, angústia, espera... Espera essa que nos levaria a série B ou nos faria disputar mais uma série C no ano seguinte, sabíamos que seria um jogo bastante complicado, o Rio Branco jogaria em casa e com o empate conquistado em Arapiraca já estavam mais próximos ao acesso. Ambos os times já estavam sem jogar a segundona há algum tempo e queriam a todo custo reverter essa situação.

Chegou o grande dia, a torcida do Rio Branco já fazia festa, carreatas, soltavam fogos na chegada do time e já tinham convicção que a última vaga à série B já tinha o Acre como destino. Afinal, eles estavam com a vantagem...

Iniciou-se o jogo na Arena da Floresta e logo cedo, mais precisamente aos 10’ o alvinegro fez seu primeiro gol, o Rio Branco passou a pressionar e o ASA cedeu o empate, mais uma vez a torcida se desesperava e temia não conquistar a vaga, os dois times buscavam o gol, e o ASA novamente saiu na frente, agora o placar marcava 2x1, o time da casa sentiu o segundo gol tomado, com esse resultado estava sendo eliminado e o empate não era suficiente para o Rio Branco, os visitantes seguiam tentando ampliar o marcador. Aos 22’ o ASA perdeu Paulão que já tinha cartão amarelo e deu um carrinho por trás, levando cartão vermelho, algum tempo depois o Rio Branco mais uma vez empata, 2x2...

O time de Arapiraca seguia testando o coração de sua torcida, e os donos da casa pressionava, aos 44’ do segundo tempo, para piorar a situação dos visitantes que já estavam com um homem a menos em campo, Paulo Foiani foi expulso depois de cometer uma falta violenta que resultou em um cartão vermelho direto. O time de Alagoas segurou a pressão e fora de casa conseguiu retornar à série B.

 

Fonte:arapiraca.7segundos.ne10.uol.com.br/

 

O ASA conseguiu o acesso heroicamente, sua torcida se encontrava em êxtase total e mais uma vez esse time mostrou que faz jus a parte do seu hino, que fala: “O ASA gigante tornai”.

Os torcedores fizeram uma festa em forma de agradecimento e comemoração, o ASA já nem lembrava o que era disputar uma série B, a recepção dos jogadores aconteceu de maneira afetuosa, era impossível conter as lágrimas, milhares de torcedores esperavam o elenco na madrugada (sendo impossível também conter a emoção de ver que todo o esforço foi honrado e veio em forma de acesso).       


https://www3.alagoas24horas.com.br/wp-content/uploads/2009/08/e62f3860abe04192a7e0815d03cf0ae9_asa1-350x336.jpg


Fonte: Alagoas 24 horas

Mas não parou por aí, o time alvinegro conquistou o acesso e seguia agora em busca do titulo nacional, na semifinal enfrentou o Icasa, empatando em Arapiraca por 1x1, mas ganhando no Romeirão por 3x2, com o resultado, o time arapiraquense avançou para a tão sonhada final do campeonato.

Na final encontrou em seu caminho o América (MG), que vinha de uma boa campanha, no primeiro jogo em Arapiraca o ASA perdeu pelo placar de 3x1 e ficou impossível reverter a situação no Estádio Independência, lá o ASA seguiu perdendo pelo placar de 1x0, ficando com o titulo de vice campeão da série C de 2009.

Fonte: Extraída da Internet

 

Texto de Arielly Soares, torcedora do ASA de Arapiraca!

Fonte: Extraída da Internet