A competição é outra, mas o foco é o mesmo!

Flamengo encara o Figueirense pela primeira rodada da Sul-Americana.

 

O jogo será disputado no Orlando Scarpelli em Santa Catarina nesta quarta-feira (24), às 21h45 (Horário de Brasília), jogo de volta está marcado para o dia 31 de agosto em Cariacica.

Os times vivem situações distintas no Brasileirão, enquanto o Fla briga no topo da tabela, o Figueira busca se reabilitar e sair do Z4 . Devido aos fatos, o Fla deve poupar alguns titulares, já o mandante vai com força máxima e com apoio de sua torcida, em busca do resultado positivo e uma recuperação.

 

Fonte: Extraída da Internet

 

Após vitória incontestável sobre o Grêmio no último domingo (21) pela 20ª rodada do Brasileirão, com ótima participação do estreante Diego, o Flamengo vai confiante para o confronto.

  

O time carioca se prepara para percorrer cerca de 3.500 km em apenas 7 dias, isso porque são dois duelos conta o Figueirense em confrontos válido pela Sul-Americana e um contra a Chapecoense pelo Brasileirão. No primeiro jogo contra o Alvinegro Catarinense, o técnico Zé Ricardo vai mandar para campo os jogadores que não vem jogando, a exemplo Paulo Victor, Donatti e Vizeu. O Fla também conta com Arão que suspenso não enfrentou o Grêmio no último domingo.

 

Sobre o jogo de logo mais o técnico Zé Ricardo falou: '' Sul-Americana, é um desejo do clube, mas temos que trabalhar desafio a desafio. Temos o Figueirense no Scarpelli, onde ele nos derrotaram esse ano. Não vamos priorizar competição A ou B. Com certeza, vamos mostrar a mesma disposição nas duas.''

O time de Santa Catarina ainda sem técnico, sendo dirigido pelo auxiliar Tuca Guimarães vai com força máxima para partida, como Carlos Alberto e Rafael Moura na equipe titular.

Provável escalação:

Figueirense: Thiago Rodrigues; Ayrton, Marquinhos, Bruno Alves, Pará; Yago, Jackson Caucaia, Ferrugem, Carlos Alberto; Rafael Moura e Dodô. Técnico: Tuca Guimarães.

Flamengo: Paulo Victor, Rodinei, Donatti, Juan e Chiquinho; Ronaldo, Arão, Alan Patrick e Mancuello; Marcelo Cirino e Felipe Vizeu.Técnico: Zé Ricardo

Árbitro: Daniel Fedorckzuk (URU) 

É jogar com o mesmo foco que estamos no Brasileiro, uma competição importante e que também deve ser priorizada, é foco e raça!


Por: Ingrid Souza