A DECISÃO É EM CASA!

 

A DECISÃO É EM CASA!

Kelly Cristine Janiro

 

No sábado (06) aconteceu a primeira partida do mata-mata das quartas de final do Campeonato Paulista Série A3. A partida ocorreu no Estádio Antônio Gomes Martins, o Fortaleza em Barretos, e o Noroeste saiu derrotado pelo placar de 2 x 1. Com este resultado, o Alvirrubro precisa de uma vitória simples no próximo jogo (sábado, 13/04) no Alfredão em Bauru.

Sem menosprezar a vitória do adversário, que aproveitou as únicas oportunidades que teve, mas o Norusca não jogou bem, perdeu pra ele mesmo, teve duas falhas e tomou o gol. Ah, mas o gramado era ruim, a iluminação era ruim, concordo, mas não é desculpa, time que quer subir, que quer ser campeão, tem que passar por cima de todas as adversidades da Série A3. Mas agora em Bauru tem que ser diferente, entrar pra vencer e convencer.

A PARTIDA

O jogo começou com bastante marcação e nenhuma das equipes indo muito ao ataque. Mas o primeiro susto foi por parte da equipe do Barretos, que após um chute cruzado, a bola caprichosamente bateu nas duas traves e Cairo defendeu.

O Norusca tentou chegar a contra-ataques em ambos os lados, mas não conseguiu chegar ao gol.

Aos 18’ em um belo chute de Renan, de fora da área a bola desviou e saiu.

Mas o principal lance do Norusca foi aos 36’, John Egito fez um ótimo lance e deixou Leandrinho de frente com o goleiro, mas chutou em cima dele.

E aos 40’ ainda tivemos mais uma chance, após cobrança de falta de Richarlyson, Júnior cabeceou rasteiro, perto do gol.

Apesar de mais efetivo na partida, o Norusca não conseguiu abrir o placar.

No retorno do intervalo, logo aos 4’ em uma falha do goleiro Cairo, o Barretos abriu o placar. Um belo gol de Anderson Magrão, de letra.

Arquivo Pessoal

 

O técnico Betão Alcântara mexeu na equipe, para tentar chegar ao empate, colocou o atacante Chico no lugar do volante PV. E deu certo, quando aos 25’, após cruzamento, o zagueiro Júnior Campos testou firme para o gol e empatou 1 a 1.

Com o empate esperamos que o Noroeste fosse virar, mas o gol não veio, aliás quem marcou foi o Barretos. Aos 30’ João Henrique marcou.

E aí o Barretos abusou do gramado, e em toda jogada havia um atleta no chão. E se fechou muito bem. Jean Pierre quase fez de cabeça. Betão mexeu novamente, colocou Talles Brener no lugar de John Egito.  O Norusca ainda tentou o empate, mas não conseguiu. O técnico Betão Alcântara ainda fez a última alteração, colocou o meia Léo Gonçalves no lugar de Leandrinho, que nos primeiros minutos da partida, tomou um chute no queixo que precisou de sutura.

Foto: Bruno Freitas E.C. Noroeste

 

E nos acréscimos a última chance foi com Chico, que fez tabela com Pacheco e chegou perto, mas não deu. A segunda partida será em Bauru, no sábado (13) às 18h.

Betão Alcântara falou: "Não é fácil jogar aqui em Barretos, todo mundo sabe da dificuldade que é jogar aqui. Gramado ruim, torcida marca presença e o time está invicto com o novo treinador. Os torcedores empurraram os donos da casa, mas, da mesma forma que eles ganharam aqui, nós temos plenas condições de vencer em Bauru também e classificar. Tivemos dificuldade nos primeiros minutos, mas quando colocamos o John Egito (pela direita) e o Richarlyson (pela esquerda) para fazer o confronto com os zagueiros deles, o nosso time dominou a partir dos 15 minutos do primeiro tempo e perdemos gols. Na segunda etapa faltou um pouco de tranquilidade ali no começo, tomamos o gol e depois conseguimos empatar. E depois voltamos a ter dificuldade".

Foto: Bruno Freitas E.C. Noroeste

 

Jogaram pelo Alvirrubro: Cairo, Pacheco, Jean Pierre, Junior, Renan, PV (Chico), Richarlyson, Rogério Maranhão, John Egito (Talles Brener), Caio, Leandrinho (Léo Gonçalves).