A DECISÃO FICOU PARA O BEIRA-RIO

 

O principal objetivo do Internacional neste início de temporada é a classificação à fase de grupos da Libertadores. E o primeiro passo foi dado nesta terça-feira (04). O Colorado enfrentou a Universidad de Chile, no estádio Nacional de Santiago, pelo jogo de ida da pré-Libertadores. Apesar da superioridade, o Inter não saiu do 0x0 contra os chilenos.

Essa foi a terceira vez que o técnico Eduardo Coudet mandou a campo a equipe considerada titular, formada por: Marcelo Lomba; Rodinei (Boschilia), Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Moisés; Musto (Thiago Galhardo), Rodrigo Lindoso, Edenilson e Patrick (Marcos Guilherme); D’Alessandro e Paolo Guerrero. 

(Foto: Ricardo Duarte)

A equipe colorada mostrou superioridade desde o início da partida. Nos primeiros minutos soube neutralizar o ímpeto dos chilenos e depois de dez minutos assumiu o controle do jogo. O Colorado criou as melhores chances de gols, principalmente com Guerrero e Edenilson, mas o gol teimou em não sair. Nos minutos finais a La U cresceu e até assustou a meta colorada. No entanto nenhuma equipe alterou o placar.

A segunda etapa se assemelhou muito a primeira. Os mandantes começaram melhor, mas logo os colorados equilibraram a partida. Jogando melhor, a equipe alvirrubra pressionou e levou perigo à zaga rival. O lance que podia ter definido a partida ocorreu aos 19’. Montillo recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Porém os colorados não aproveitaram a vantagem numérica e a partida terminou com  empate sem gols. 

O Inter foi melhor durante todo o jogo, controlando a partida e tendo as melhores chances. Mesmo que o resultado não seja ruim, o sentimento que fica é que o Colorado poderia, e merecia, ter saído com a vitória. 

No fim da partida, o risco que a Conmebol assumiu se concretizou. Uma confusão, que começou fora do estádio, passou para as arquibancadas. Objetos e cadeiras foram arremessados no gramado e a polícia teve que conter um foco de incêndio que começou na arquibancada no lado defensivo do Inter. 

Voltando ao jogo, com o resultado a decisão ficou para o Beira-Rio. O jogo da volta ocorre na próxima terça-feira (11), às 19h15. Qualquer vitória classifica o Inter. Empate com gols classifica a La U. Um novo empate sem gols leva a decisão para os pênaltis. 

Antes disso, o Colorado volta a campo pelo Campeonato Gaúcho. No sábado (08), o Inter enfrenta o Novo Hamburgo, às 17h, no Beira-Rio, pela última rodada do primeiro turno do Gauchão. 

 

Por: Ingrid Fochezatto 

 

*Esclarecemos que os textos trazidos nesta coluna não refletem, necessariamente, a opinião do Blog Mulheres em Campo.