A Fantástica Fábrica De Chocolate!


É os guri". Soma aí: 1,2,3,4,5,6! Essa foi a quantidade de gols na Arena e com direito a volta olímpica! 

 

Fonte: RBS

Saudações tricolores!

Se tem alguém embasbacada com o futebol arte apresentado pelo Grêmio sou eu. A cada vez que o time entra em campo, a cada lance, a cada jogada, a cada gol o meu sorriso vai de orelha a orelha e me pergunto: será que vem outra goleada por aí?

Parece brincadeira ou até mesmo soberba da minha parte, mas não tem como olhar para a equipe entrando a campo e imaginar que passaremos sufoco ou que não ganharemos. Que me perdoem, mas sou convencida sim!

Pois bem, ao começar a falar da partida, uma única frase a define: Foi jogo de um time só. Deu para contar nos dedos de apenas uma mão quantas vezes o Paulo Victor tocou na bola ou quantas vezes nossa defesa precisou trabalhar. E olha que valia taça!

Teve uns tirando sarro da taça que erguemos, mas bem que queriam obtê-la para colocar lá na sala dos troféus.

Mesmo valendo a volta olímpica, o Avenida entrou com time misto. Isso mesmo, não era o time reserva porque segundo eles mesmos, eles não têm reservas. Sendo assim, estava na hora do show.

O Jogo

O jogo teve tanto lance bonito, tanta coisa acontecendo, que essas singelas palavras são poucas para descrever tamanha sensação se orgulho de ver os guris.

Juizão apitou o início da partida e assim começou o nosso passeio, para o desespero do periquito. Em pouco mais de sessenta segundos a bola passou pelos pés de Leonardo, Maicon, que tocou para Marinho e o nosso 10 cruzou na medida para Luan, só escorar e abrir o placar.

Após o gol, o Avenida chegou a nossa área, mas seria somente essa vez na primeira etapa.

Luan, Everton e Jael, que estavam jogando demais, desperdiçaram suas chances de ampliar o marcador. Mas logo o segundo viria. Léo Gomes, que com o tempo está ganhando cada vez mais a confiança do professor e de nós os torcedores, começou uma jogada, mandou para Jael- nosso Cruel, que deu uma assistência para Cebolinha, que encobriu Andrey e correu para o abraço. Final de primeiro tempo e já estava 2x0 para o Tricolor.

Segundo tempo começou e  pensei: bem que poderia sair mais gols... e não é que saíram mais 4 super golaços? Uhuuuul!

Montoya ( aaaah Montoya, a gente te adora gringo), em jogada pela direita, causou o terror na zaga adversária, tocou para Maicon, e rolou a bola para Léo Gomes, que veio de trás e marcou um baita golaço. Não deu nem tempo de digerir o terceiro gol, já era hora do quarto. Olha o Montoya aí de novo, ( que quando entra vira uma das referências no ataque) recebeu no meio, tocou para Luan, que entrou na área e mandou um balaço para o gol, sem defesa para Andrey. Tem maaaaaais.

Toques rápidos e jogadas sensacionais é o que mais vemos no Grêmio. A defesa do alviverde já estava desnorteada e não conseguia mais parar ninguém, tanto que na frente da área deles ocorreu uma troca de passe magistral e a bola veio para os pés de Everton, que teve tempo de virar, olhar e  ajeitar para marcar mais um golaço. Virou passeio!

Fonte: Lucas Uebel

 

Vizeu tá onde? Vizeu tá aqui. Faltava o dele. Para coroar a noite, ele, em jogada individual, cortou seu marcador ( que já estava baqueado há muito tempo) e na entrada da área, trouxe para a perna esquerda, deu aquela olhada básica no gol e estufou as redes. Que coisa linda. Um golaço, aço, aço,aço....

A taça da Recopa gaúcha é nossa! Mais uma para ser exibida em meio as milhares que já temos.

 

Fonte: gremistas fanáticos

 

Vizeu, que ao fim da partida deu entrevista, falou sobre ter conquistado seu primeiro título com a camisa tricolor:

- Graças a Deus estou muito feliz. É o que eu falo, esse grupo é maravilhoso. A gente merece isso. Fico muito feliz por estar gravando o meu nome na história do Grêmio, mas sei que é só o começo.

E quando lhe perguntaram qual era o gol mais bonito da noite, ele falou:

- o mais lindo de hoje foi o título.  

 

Dá gosto demais ver a gurizada em campo e não querendo ser nariz empinado, mas já estou mal acostumada com tanta goleada. Os outros que me perdoem, mas o tricolor me obriga a ser convencida.

 

Com a vitória, o Grêmio se mantém na liderança isolada do Gauchão, com 16 pontos somados. O próximo jogo é no domingo ( 17) fora de casa, contra o Brasil de Pelotas, às 17:00 horas.

É a vida pelas três cores. É o Grêmio!

 

Por Adriene Domingos