A PIPA DA PORCADA NÃO SOBE MAIS!

CPF NA NOTA? Novamente com gol de Reidriguinho, Corinthians derrota o rival da Barra Funda

 

Depois de ter um helicóptero alvinegro sobrevoando o estádio,

torcida do rival mandou uma pipa com os dizeres “1º campeão Mundial”.

Só tenho a dizer: 51 é pinga! Foto: Gazeta Esportiva

 

Caraca moleque, que dia, que isso? Bota o Rodriguinho só pra fuzilar a porcada! Se estou feliz? Quase nem dá para notar, porque se vencer já é bom, imagina quando é sobre o rival que não cansa de chorar?

Depois de tanto se dizer superior, afirmar que “lutará por coisas grandes”, aconteceu de novo: derrota no Dérbi! E agora, quem vão culpar?

Jogamos bem mais uma vez, dando sequência ao time que derrotou o Vitória no meio de semana. Carille atendeu a nação e vem dando oportunidades a Pedrinho, que novamente foi titular e infernizou a zaga adversária. Sidcley foi perfeito! Colocou Keno no bolso e não perdeu nenhuma!

Cássio estava iluminado, protegido! No jogo de número 350 do gigante, nada de gols! Quando a bola passou, a trave fez a muralha!  E foi justamente assim, que nasceu nosso gol…

Depois de bobeira da zaga, Thiago Santos ficou livre (de maneira irregular), cara a cara com Cássio. Era só empurrar paras redes, mas o rival fez o mais difícil: pipocou! A bola carimbou a trave e na sequência do lance, Pedrinho passou bonito por dois marcadores, tocou para Jadson, que rolou para Maycon cruzar para área. Rodriguinho “a lá” centroavante, de canhota, partiu para o abraço!


 

Rodriguinho foi o autor do gol. Foto: Gazeta Esportiva

 

Curiosamente, a jogada foi de “Sócrates para Casagrande”. Estreando a logo da Democracia Corinthiana em seu uniforme, já que em jogos com a organização da CONMEBOL é proibido, as camisas traziam os nomes dos jogadores, que viveram a democracia no Timão. Maycon com nome de Sócrates e Rodriguinho com o nome do Casagrande! Que obra do destino senhoras e senhores!

Voando na temporada, o camisa  26 anotou seu terceiro gol contra o rival em 2018.

Na segunda etapa, o Corinthians seguiu em busca do gol, com boas jogadas de Pedrinho e Jadson. O garoto estava com sede de gols e fez Jailson trabalhar. Balbuena e Rodriguinho, também levaram trabalho para o arqueiro alviverde.

Romero, polivalente como sempre, marcava e se lançava no ataque. Numa das jogadas, quando recebeu na lateral do campo, tirou onda: matou no peito e engatou embaixadinhas com a cabeça, lembrando um certo capetinha… Enquanto a torcida ovacionava o camisa 11, os rivais reclamavam do lance. CHORA MAIS QUE TA POUCO!

 

 

O rival ainda teve a chance de empatar com Antônio Carlos, no finzinho, mas brilhou a estrela de Cássio. Novamente a trave salvou!

A vitória e os três pontos, colocaram o Corinthians na briga pela ponta da tabela com 10 pontos e tiraram a invencibilidade do rival no Nacional. O líder é o Flamengo, pelo saldo de gols. Agora o Corinthians volta a campo pelo Brasileirão no domingo, quando em Recife, encara o Sport. Mas antes disso tem compromisso pela Libertadores, onde enfrentará o Deportivo Lara, em Barquisimeto, interior da Venezuela, na quinta-feira, precisando da vitória para se classificar.

Quanto ao Dérbi, é como dizem por aí, um bom freguês sempre volta: querem CPF na nota? Em 2018 já são quatro confrontos, com três vitórias do Timão! Se considerarmos a última temporada, o domínio é ainda maior: ao todo são sete confrontos, com seis vitórias alvinegras!

Já dizia Romarinho: Deu a lógica de novo no clássico! Deu Corinthians! #Eujasabia

 

#minhaeternapiada

#venceuquemtemmundial

 

Por Mariana Alves, pelo Corinthians, com muito amor, até o fim!