A UM EMPATE DO TÍTULO

Que a equipe santista é muito forte dentro da Vila Belmiro  todo mundo sabe, e mais uma vez isso foi comprovado. Em um jogo muito catimbado, repleto de lances polêmicos e de muita emoção para os torcedores de ambos os times, o Santos conquistou uma vitória magra, uma vantagem importante que poderia ter sido muito maior.

O ínicio de jogo foi bem eletrizante, com direito a chances claras de gols de ambos os lados, ressaltando o gol perdido por Jackson no lado palmeirense e o pênalti na trave de Gabriel para o Santos. Após os 15 minutos iniciais, o jogo começou a ficar mais pegado, apesar da posse de bola maior ser da equipe santista, boa parte do tempo o jogo ficou parado por conta da quantidade de faltas que as equipes cometiam. Apesar disso, o Santos continuo indo ao ataque, sendo superior a equipe palmeirense durante toda a partida, porém, desperdiçava as chances de gol, algumas iam para fora e outras paravam no goleiro alviverde que salvou a equipe do Palmeiras.

Já na segunda etapa de jogo, logo no ínicio ouve um lance polêmico no qual Barrios caiu na área e reclamou pedindo pênalti, o juiz não marcou, e particularmente, ao ver as imagens em câmera lenta da tv, podemos reparar que o jogador palmeirense provocou a própria queda. A equipe santista continuou ofensiva, já a equipe palmeirense sempre na defensiva, tanto é que poucas vezes finalizou para o gol.

Um fato interessante desta segunda etapa, foi a substituição do juiz da partida, algo inédito! O motivo da saída, foi porque o árbitro se machucou, sendo assim, o quarto árbitro assumiu seu lugar dando continuidade para a partida.

Aos 33 minutos, com uma grande jogada de Gabriel, o Peixe abriu o placar do jogo. Um belo gol que fez o jogador se redimir após o pênalti perdido na primeira etapa. Logo após o gol, o jogador palmeirense Lucas foi expulso por acertar um ponta pé em Lucas Lima, deixando ainda mais em desvantagem o time da capital.

O Santos poderia aumentar sua vantagem na partida nos acréscimos, porém, Nilson perdeu um gol INACREDITÁVEL, cara-a-cara com o gol, vazio, pois Ricardo Oliveira ao fazer o passe para Nilson tirou o goleiro da jogada, mas ele não soube aproveitar para desespero dos santistas.

Fim de jogo, 1x0 para o Santos, pequena e ao mesmo tempo grande vantagem. A equipe santista irá ao Allianz com a vantagem do empate. Caso o Palmeiras ganhe por 1 gol de diferença, a partida irá para as penalidades.

A decisão está em aberto, porém, o Santos se mantém favorito, principalmente pelo fato de comparado a equipe alviverde ter um time mais regular. Sabemos que a equipe santista também não deixará de lado seu DNA ofensivo, e irá para cima do Palmeiras a qualquer custo, afinal, é o título em jogo, é uma vaga para a Libertadores em jogo.

Muitos, decepcionados com o placar magro da partida passaram a duvidar do título, porém, esse é o momento crucial onde devemos mostrar mais ainda a confiança que temos na equipe, até porque chegar onde chegamos não foi fácil, estávamos desacreditados, não é mesmo?

Independente do resultado da próxima quarta-feira, a certeza que tenho é que eu nunca deixarei de apoiar esse time, e sim, EU ACREDITO!

RUMO AO BI!

Carolina Ribeiro