A um ponto das oitavas.

 

Hoje à noite acontecerá a última rodada da fase de grupos na Libertadores. O Clube de Regatas do Flamengo está na Argentina para pegar o San Lorenzo e garantir a classificação. O clube depende apenas de si, e com um empate já se garante nas oitavas de final. O grupo 4 é um dos mais equilibrados.

 

Fonte: Futebol Interior

 

O San Lorenzo entra embalado por duas vitórias na competição, vem com a mesma base que foi goleada na estreia pelo próprio Flamengo no Maracanã. Não tendo desfalques, a mudança mais expressiva foi no gol, já que Navarro entrou no lugar de Torrico. A formação ainda tem dúvida se Merlini vai ficar no lugar de Botta.

 

No elenco rubro-negro, o destaque é a volta de Rômulo, que está fora há 3 jogos. Se não tiver condições, Zé Ricardo provavelmente usará a formação com Trauco no meio e Renê na lateral esquerda, e pelo lado direito Rodinei entrará no lugar de Pará, que cumpre suspensão. Ainda sem a referência de Diego o time carioca quer manter as boas atuações para garantir a classificação.

 

A possível escalação dos argentinos: Navarro, Angeleri, Caruzzo, Diaz, Rojas, Mussis, Ortigoza, Belluschi, Cerutti, Merlin (Botta) e Blandi.

 

A possível escalação do Flamengo: Muralha, Réver, Rodinei, Rafael Vaz, Trauco, Márcio Araújo, Rômulo (Renê), William Arão, Berrío, Everton e Guerrero.

 

Fonte: Globo Esporte

 

O jogo ocorrerá no Estádio Pedro Bidegain, conhecido como "Nuevo Gasómetro", em Buenos Aires, às 21h45 (Brasília). Ele fica cercado por uma favela perigosa, tem o gramado com as maiores dimensões da Argentina, mas os torcedores não ficam tão próximos. A equipe mandante entra pressionada para uma vitória, já os visitantes querem se garantir sem susto. Com isso podemos esperar uma partida corrida com bastante volume de jogo e com ambas os times buscando sua conquista e vaga na próxima fase do torneio intercontinental.

 

Paula Barcellos.