100% Gladiador! Coxa vence o Foz por 3x0

(Fonte Coritiba Oficial)

 

Coritiba e Foz do Iguaçu se enfrentaram na noite desta quarta feira (03), ás 21:45 (horário de Brasília), no estádio ABC, pela 2° rodada do Campeonato Paranaense de 2016.

O Coritiba começou bem a partida, logo nos primeiros minutos mostrou ao que veio, mas o Foz também criava suas chances, alguma delas com perigo. Aos 20, Leandro faz boa jogada, dribla o zagueiro Helbert, mas é derrubado na sequencia, falta perigosa para o Coxa. João Paulo vai na cobrança, mas o goleiro Nei do Foz pega com tranquilidade.Aos 23, Leandro passa por todo mundo pelo lado esquerdo, invade a área e cruza, mas a zaga do Foz afasta o perigo.

Aos 28, Leandro é derrubado novamente, João Paulo vai na cobrança da falta, sem perigo para o Foz. O Coxa domina a partida literalmente, o Foz não consegue passar pela defesa do Coritiba, o goleiro Wilson trabalha pouco. Aos 31 Kléber é desarmado, Negueba pega o rebote, mas acerta a trave do goleiro Nei, quase gol do Coxa.

Aos 34, Juan toca para Leandro cruzar, Negueba ajeita e Kléber de primeira, chuta e acerta o canto direito de Nei, 1x0 Coritiba. Com o gol, o Coxa cresceu ainda mais no jogo, aos 43, Leandro assustou de novo, recebeu passe de Negueba e chutou por cima da área de Nei. Esse foi o último lance de perigo na partida, que encerrou seu primeiro tempo aos 47 minutos.

No segundo tempo apenas o time do Foz voltou com substituições. E voltou animado para o segundo tempo, Carlão, logo aos 06 minutos, tenta arriscar de longe, e o goleiro Wilson apenas olha a bola ir pra fora. Aos 08, Leandro dribla 2 dentro da área, passa pelo goleiro, chuta, mas a bola bate na trave, outra chance de gol para o Coxa. O Foz vem mais ofensivo nessa segunda etapa, mas não consegue finalizar.

Aos 22 teve confusão no campo, jogadores do Foz vão para cima de Leandro, o árbitro apenas olha. Leandro e Carlão acabam tomando cartão amarelo, não demora muito e Chilavert toma cartão também, o clima começa a esquentar em campo. Aos 26 Negueba faz fila, e é derrubado, reclama com o juiz e pede cartão,mas o juiz não aceita e Negueba acaba recebendo amarelo por discussão.

Aos 29 o técnico Kleina resolve substituir, sai Leandro e entra Dudu. Aos 31, Carlinhos cruza e Negueba ajeita de cabeça, Kléber pega a bola de voleio, quase um golaço do Coxa. Aos 32 Wallison Maia teve sua chance, quase marcou de cabeça em cobrança de falta de João Paulo. Aos 33 novas substituições, saiu Negueba para a entrada de Evandro, e Juan para a entrada de Thiago Lopes.

(Fonte Coritiba Oficial)

Aos 40, Carlinhos cruza, e do meio da zaga do Foz, Kléber cabeceia e marca o segundo gol do Coxa, 2x0. Árbitro deu mais 3 minutos de acréscimo, que foram suficientes para Kléber, aos 48, Evandro faz boa jogada a bola sobra para Kléber que manda para o fundo do gol, 3x0 Coxa. Sem mais, o árbitro encerra a partida.

Segunda vitória consecutiva do Coxa no campeonato, e sem tomar gols, o Coxa vai seguindo 100% na competição, e com a liderança garantida. Kléber e Leandro foram os nomes do jogo, Kléber com boas jogadas e por fazer 3 gols. Leandro pela agilidade, pelas tentativas que arrancavam “UHH” da galera e pelos bons passes que fez em campo. O técnico Gilson Kleina elogiou bastante o time :

"A postura do time foi de quem veio para a vitória", disse Gilson Kleina na saída do gramado. "Eu fico muito feliz, nós ficamos satisfeitos pela atitude e pela postura. Pelo conhecimento técnico que o Coritiba mostrou. A equipe conseguiu fazer a movimentação, conseguiu trabalhar. Era uma questão de tempo de trabalhar a bola e o gols sair", complementou o treinador alviverde na coletiva de imprensa.

(Fonte Coritiba Oficial)

Kléber também falou sobre a equipe:

"Eu fico muito mais feliz pela forma que a equipe vem se comportando dentro de campo. Está ganhando cara de time, estamos no caminho certo"

A próxima partida do Coxa é contra o Grêmio pela primeira liga, no domingo (07) ás 19:30 (horário de Brasília), na Arena do Grêmio. Já pelo Campeonato Paranaense o Coxa recebe o Londrina, na quinta feira (11) ás 19:30 (horário de Brasília) no Couto Pereira.

 

VAMOS MEU VERDÃO, VAMOS NÃO PARE DE LUTAR!

Por Patricia Moro