116 ANOS E MUITOS MOTIVOS PARA COMEMORAR

É indescritível a sensação de ser pontepretano.

 

Fonte: Extraída da Internet


É imensurável e inenarrável o valor que tem a torcida, considerada a maior do interior (Instituto Pró - Pesquisa EPTV (2007) - 8,6% da população de Campinas; Empresa Pluri Consultoria (2014) com total de 190.000 torcedores no território nacional.) os milhares, apaixonados, pontepretanos dão um show por onde passam. Tamanha força foi mostrada em 2013 nos jogos da Sulamericana, onde a macaca levou quase 29.000 torcedores ao estádio do “Macacaembu” como foi chamada carinhosamente a invasão pontepretana.

O que muitos se perguntam e custam a entender, é como uma torcida tão carente de títulos consegue manter acesa a chama desse amor. Amor que em sua maioria é passado de pai para filho, avô para neto. Aquele amor que queima, que abraça, que consola nas piores derrotas sofridas. Aquele amor que te faz perder a noção.

Aquela sensação de ódio e vontade de abandonar tudo, quando o tão sonhado título chega tão perto e escapa pelos vãos dos dedos. Aquele grito de gol preso na garganta, somado aquele abraço no irmão que está do lado.

A paciência, a espera e a ansiedade de um dia poder gritar... É CAMPEÃO.

O prazer de poder ver seus filhos correndo pelas arquibancadas majestosas, entrando em campo para acompanhar aqueles que você carinhosamente chama de pipoqueiro. Não existe e não existirá nunca, dinheiro no mundo, que pague a escolha de estar ali, sentado no concreto quente, embaixo de um sol de 30 graus, ou de uma forte chuva ou até mesmo um vendaval.

Não existirá nunca, nada capaz de ser maior do que o amor que sentimos.

 

Fonte: Extraída da Internet

 

Parabéns por seus 116 anos, minha macaca, nossa macaca. Parabéns nossa nega veia, nossa eterna e amada PONTE PRETA.

 

Por: Li Zancheta