7 partidas rumo a taça

O Palmeiras recebe o Sport pela 32º rodada do Campeonato Brasileiro, contando nos dedos as partidas que faltam para o fim do Nacional.

FONTE: Globo Esporte

 

Faltam 7 partidas. 7 partidas para sermos campeões, o que eu acredito que seremos. 7 é tido para alguns como um número divino e de Divino nós entendemos muito. Tudo no nosso Palmeiras é abençoado, é mágico.

Nem a eliminação na Copa do Brasil esfriou o ânimo palestrino, afinal vimos um jogo com muita garra na quarta-feira, e agora, não pode ser nem um pouco diferente. Queremos garra, queremos luta, queremos que os 11 jogadores em campo honrem o nosso manto, lutem por nós e amem o Palmeiras como nós amamos. Estamos 4 pontos a frente do segundo colocado, ou seja, dependemos apenas de nós mesmo para sermos campeões.

Temos, porem, uma difícil missão, acreditar no título e confiar sem ter o ânimo de já ganhou. Um grande dilema, confiar no título, sem parar de lutar. Mas agora é hora de apagar os velhos fantasmas, quando alguém falar “2009” para você, apenas sorria e diga: tudo mundo. Afinal tudo mudou mesmo, até aquele que era tido como um dos grandes destaques de 2009 estará em campo amanhã pelo nosso adversário. A 7 que um dia foi de Diego Souza, hoje é de nosso capitão Dudu. Tínhamos Mauricio Ramos, mas hoje temos Vitor Hugo e de outro lado tínhamos Danilo e hoje temos Mina. Antes Pierre e Wendel, hoje Moisés e Tchê Tchê. Não sei vocês, mas eu não sinto saudades de 2009 e sei que temos muito mais time do que tivemos.

De 2009 para cá somos outra equipe, passamos por tantos momentos para chegarmos até aqui que poderia ficar horas e horas escrevendo, mas cá estamos, lutando por aquilo que sempre nos pertenceu, pela nossa história, pela nossa camisa e pelo nosso amor.

Não é fácil ser Palmeiras, mas mais difícil ainda seria não ser. Por isso eu sei que o que depender de mim e de vocês nós seremos campeões. Questão de tempo, questão de 7 partidas e questão de amor a camisa.

Agora não tem Copa do Brasil para “atrapalhar” e só tem um foco para gritar aquele é campeão entalado há 22 anos. É hora de voltar da onde nunca devíamos ter saído.

Sabendo bem o que vem pela frente, e que o clube não pode parar de pisar o pé, Cuca relacionou 24 jogadores para encarar o Sport, são eles:

Goleiros: Jailson e Vinicius

https://t.dynad.net/pc/?dc=5550001577;ord=1477174697807

Laterais: Egídio, Jean, Zé Roberto e Fabiano

Zagueiros: Thiago Martins, Yerry Mina e Vitor Hugo

Volantes: Gabriel, Arouca, Thiago Santos, Tchê Tchê e Matheus Sales

Meias: Allione, Cleiton Xavier e Moisés

Atacantes: Dudu, Alecsandro, Erik, Lucas Barrios, Leandro Pereira, Rafael Marques e Róger Guedes

 

As ausências sentidas são de Gabriel Jesus (suspenso pelo terceiro amarelo) e Edu Dracena que sentiu desgaste após a partida de quarta-feira.

Mistério ainda sobre quem substituirá Gabriel Jesus, ao que parece, podemos contar com a presença de Lucas Barrios que agradou muito Cuca na quarta-feira, atuando principalmente como pivô.

Em frente e rumo ao título é assim que devemos seguir.

 

Sempre avanti!

Por Marcela Permuy