"90 minutos para coroar um campeão!"

Apenas 90 minutos separam o Santos Futebol Clube do seu segundo título da Copa do Brasil. Um título expressivo, que pode coroar a campanha do desacreditado time alvinegro que veio se superando durante toda a temporada, e ainda trazer uma vaga para a Libertadores da América de 2016.

O título deste texto, não tende a ser provocativo e sim incentivador, afinal, “seja qual for a sua sorte, de vencido ou vencedor” somos campeões apenas pelo fato de chegarmos até aqui após todos os acontecimentos que ocorreram durante o ano. Não foi nada fácil para nós, aliás, nunca é. Chegamos em mais uma decisão no ano, mas o adversário é o mesmo. Vencemos uma vez, e poderemos vencer essa batalha novamente. A vantagem é nossa e precisamos saber aproveitá-la.

Muitos jogadores de camisa alviverde dizem que o título está garantido para eles, mas título só se ganha dentro de campo, com a bola nos pés, algo que particularmente, o Santos entende e sabe fazer muito bem.

E eu acredito! Acredito nessa equipe, acredito no título, acredito nos 35 jogadores que vestem a camisa alvinegra, acredito no poder do nosso manto, no poder da nossa torcida, no poder do nosso canto. Acredito que as provocações se transformarão em motivação, acredito que em cada canto do país e do mundo, terá um santista vestindo o manto alvinegro mandando energias positivas de onde quer que esteja, pois o SANTOS somos todos nós!

Que o ataque santista esteja em um dia inspirado, assim como nos tempos de Pelé, ou assim como em 2010, ano no qual conquistamos nosso primeiro título da Copa do Brasil.

Esqueçam o gol perdido no final da primeira partida (Eu sei que é difícil), foquem em apoiar, cantar e vibrar nos 90 minutos. Seja em casa, no bar, no Allianza, na Vila... Juntos somos um só!

A equipe santista deve iniciar a partida com a mesma escalação da última quarta-feira com: Vanderlei, Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia, Renato, Marquinhos Gabriel e Lucas Lima; Gabriel e Ricardo Oliveira. Mas todos os jogadores do elenco foram relacionados para o jogo, até mesmo aqueles que nem podem jogar a competição. O motivo? Dorival Júnior faz questão de que todo o elenco esteja junto, assim como na última quarta-feira.

Nesta edição da Copa do Brasil, não irá valer o gol fora de casa, portanto será campeão quem tiver um maior saldo de gols nas duas partidas. Sendo assim,  uma vitória simples por 1x0 do Palmeiras levaria a decisão para os pênaltis, o empate concede o título ao Peixe e um resultado com 2 gols de diferença deixa o título nas mãos da equipe alviverde.

O trio de arbitragem para a partida decisiva desta quarta-feira no Allianz Parque será composto pelo árbitro Heber Roberto Lopes e os assistentes Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Carvalho Van Gasse.

CHEGOU A HORA, MEU SANTOS! VAI PRA CIMA DELES!

Seja “dentro ou fora do Alçapão” que nossos 11 guerreiros continuem “dando o sangue com amor, pela bandeira que ensina LUTAR, COM FÉ E COM ARDOR!”

Carolina Ribeiro

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!