99 ANOS DE HISTÓRIA CABULOSA



Foto: Divulgação internet



 

Hoje é aniversário do Maior de Minas. Há 99 anos, imigrantes Italianos criaram a Societá Sportiva Palestra Italia e em 1942, com a Segunda Guerra mundial, se tornou o Cruzeiro Esporte Clube. 

Ontem estava perguntando à minha mãe qual a história dela com o cruzeiro, o que a fez escolher a equipe Celeste. A resposta foi maravilhosa: a gente não escolhe, minha filha. É escolhido! 

Mesmo assim, me contou muitas coisas. Que o jogador Tostão levou material escolar para as crianças na escola em que ela estudava, que um dos nossos vizinhos era amigo do goleiro  Raul e algumas vezes ele aparecia por lá. Meu pai e minha mãe “grávidos” de 8 meses foram a um clássico Mineiro com Mineirão lotado. Época legal, todo mundo protegia o barrigão. Pouco tempo depois eu nasci. Só para constar, o Cruzeiro ganhou essa partida, claro! 

Sou a terceira geração cruzeirense. Meu avô, pai da minha mãe, também carregava cinco estrelas no peito. E ele sim viu toda a transformação de Palestra para Cruzeiro. Meu avô nasceu em 1916.

Qualquer competição é importante, mas minha mãe estava presente em todos os títulos nacionais e internacionais que o Cabuloso conquistou. Ela se lembra dos Campeonatos Brasileiros de 1966, 2003, 2013 e 2014. Eu vi a Libertadores desde 1997, mas ela falava da conquista de 1976. 

E as Copas do Brasil? Eu era bem criança em 1993 então não consigo me lembrar, mas tenho ótimas recordações de 1996. O sinal de recreio e troca de aulas da minha escola era música, não aquela sirene. Com o título, a diretora da escola católica colocou o hino Celeste. Imagina a bagunça da criançada! 

Em 2018 o Cruzeiro se tornou o maior ganhador da Copa do Brasil. Minha mãe estava em tratamento de câncer de mama. Estávamos fisicamente e mentalmente cansadas. Ao longo do ano, acompanhar alguns jogos por televisões de hospital parecia uma forma de amenizar aquele nosso processo pesado. A comemoração o título foi em casa, graças à Deus. Estava tudo bem, éramos vencedoras e  o Cruzeiro mais uma vez campeão.

Falar de glórias é fácil. Em 2019 essa crise absurda dentro da instituição poderia colocar a prova a lealdade de muitos. Foi aí que no Natal,  minha família resolveu que deveríamos fazer uma camisa nossa e do Cruzeiro. Tios, Tias, primos e primas, todos nós juntos na melhor festa da família, unidos pelo nosso amor e pelo amor ao Cruzeiro. O que era pra ser triste foi o melhor Natal da vida. Gritamos, cantamos, vibramos...

Percebi que 99 anos de Cruzeiro Esporte Clube se misturam com as gerações da minha própria família. Percebi também que na verdade somos uma família de mais de 8 milhões de escolhidos. 

E não importa como, onde e quando, a Nação Celeste está unida por uma paixão inexplicável. Somos bons o bastante pra comemorar e fortes o suficiente pra superar qualquer obstáculo. 

 

Parabéns, Cruzeiro!

Parabéns, cruzeirense!

 

Que 2020 seja um novo recomeço! 


 

Sam Bella