Abaixo da Média…

Parece que aconteceu o que mais temíamos, a parada obrigatória não favoreceu o Ceará, e o time entrou em campo sem ritmo e perdido. Embora, saibamos, que os mandantes sempre terão a vantagem, e obrigação de vitória, a derrota até seria um resultado “esperado”, porém o que nos preocupa, foi a forma que o time Cearense jogou. Diego Felipe, que na sua estreia, fez uma excelente partida, inclusive gol, foi MUITO elogiado, e assumiu a titularidade, mas parece que o jogador ficou com a bola cheia demais, e está querendo inventar, onde basta fazer o básico, tem perdido muitas bolas no meio de campo. Ao meu ver, hora de voltar para o banco e João Marcos assumir o posto que era seu, ao lado de Richardson, João estava seguro no meio de campo, fazendo a marcação forte e deixando Wescley e Felipe mais livre na criação das jogadas. Os demais jogadores, fizeram uma partida apática, com exceção de Ciel, que entrou no segundo tempo e mostrou que assim que ganhar ritmo de jogo será titular. Sobre o jogo, em duas cobranças de escanteio, uma logo aos 4 minutos iniciais e outra aos 21 do segundo tempo, o zagueiro Gilvan, apareceu na área e fez os dois gols da partida. Zagueiro que já vestiu a camisa Alvinegra, foi discreto nas suas comemorações em respeito ao Ceará.

Foto: Paysandu

No mais, o Papão teve sempre mais volume de jogo, o Vovô sentiu o gol logo no início e não conseguiu se achar na partida. Poucas jogadas de ataque e muitos erros de passe nas criações, com isso, os perigos de gol foram quase inexistentes. No Segundo tempo, uma leve melhora, Sérgio Soares logo aos 14 minutos  promoveu a entrada de Ciel e Cameta, na esperança de mais presença no campo de ataque, até fez volume, mas com pouca ofensividade. Quando o time Cearense tentava se encaixar, veio o segundo gol bicolor. Atrás do placar, o Sérgio incrivelmente na última substituição não retrancou e colocou o atacante Rafael Costa na vaga do meia Felipe, logo aos 33 teve uma oportunidade de cabeça que raspou a trave de Emerson, o melhor lance do Ceará no jogo. O time Paraense fechou o meio de campo com 4 volantes e apenas gastou o tempo, garantindo os 3 pontos, com o resultado ficou na 10° posição com 28 pontos.

O Vovô mesmo com a derrota, se manteve na vice liderança com 35 pontos, mas viu a vantagem para o 5° colocado cair para 2 pontos. Agora é levantar a cabeça, esquecer essa terrível atuação e focar no CRB, seu próximo adversário, jogo será na Arena Castelão no próximo dia 26 e é considerado de 6 pontos, o CRB ocupa a 4° colocação com 33 pontos. Onde só a vitória nos interessa. 

Os times que entraram em campo:

Ceará : 4­4­2 Técnico: Sérgio Soares Everson; Eduardo (Cametá), Charles, Valdo e Thallyson; Baraka, Diego Felipe, Felipe (Rafael Costa) e Wesley; William Henrique (Ciel) e Bill. 

Paysandu : 4­4­2 Técnico: Dado Cavalcante Emerson; Roniery, Fernando Lombardi, Gilvan (Gualberto) e João Lucas; Ricardo Capanema, Lucas, Augusto Recife e Jonnathan; Tiago Luís e Mailson (Leandro Cearense) 

O único cartão amarelo da partida, foi para o estreante Ciel do Ceará.

Priscylla Lima