Acabou o caô, a primeira vitória chegou

 

Em meio ao mar de incertezas após um empate e uma derrota na pré-temporada e à tempestade que envolvia a briga com a CBF e Ferj, o Flamengo finalmente encontrou um pouco de sossego na noite desta quarta-feira (27) ao vencer o Atlético Mineiro por 2 a 0. Os gols foram anotados pelo peruano Paolo Guerrero, outro motivo para a torcida do Fla respirar aliviada, já que o “homem-gol” do time voltou a marcar após cinco meses sem balançar as redes – o último gol dele foi no dia 23 de agosto na vitória sobre o São Paulo por 2 a 1.

foto:correiodopovo

Apesar do bom final, o Flamengo não começou bem a partida, O Atlético Mineiro, jogando em casa, ativou o modo Galo Forte e Vingador logo no início da partida e foi para cima. O time começou usando sua principal arma: os contra-ataques rápidos, mas não conseguia concluir para o fundo da meta de Paulo Victor. O Flamengo, por sua vez, não conseguia encaixar as jogadas e persistia em errar na troca de passes. O Atlético, que não tinha nada a ver com isso ameaçava o Mengão, que conseguiu se segurar e garantir a igualdade na primeira etapa.

 

(Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG/Divulgação)

 

No segundo tempo, o Flamengo voltou com todo o gás e partiu para cima do Galo. O time de Muricy Ramalho ameaçou Victor logo aos dois minutos de jogo com Éverton chutando forte. O Flamengo passou a armar jogadas mais rápidas e, com isso, as bolas começaram a chegar em Guerrero. O gol era questão de tempo. Até porque o peruano vinha tendo boas atuações nos amistosos do Flamengo contra o Ceará e contra o Santa Cruz e a persistência dele deu certo aos 22 minutos de jogo após jogada de Marcelo Cirino pela direita. Após o passe Guerrero pegou de primeira para quebrar com o jejum de gols. E para sacramentar a boa atuação, o atacante do Fla marcou o segundo tento aos 42 minutos após receber um belo passe de Emerson Sheik.

A partida terminou com gritos de olé da torcida rubro-negra que compareceu ao Mineirão. Aliás, o estádio teve 30 mil presentes para a partida da Copa Sul-Minas-Rio. No sábado, o Flamengo estreia no Campeonato Carioca contra o Boavista mais leve após a primeira vitória em 2016 e sem caô.



Por: Camila Leonel