ACHO QUE PEGARAM EMPATITE, VAMOS SUBSTITUIR

 

C:\Users\ddant\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\83598911_2697774656932348_3591517095331889152_n.jpg

Embarque da delegação para Petrolina.

Foto: Caio Falcão - Comunicação do Náutico

Neste domingo (25), o Náutico tem seu primeiro jogo fora de casa nesta temporada contra o Petrolina, no Estádio Paulo de Souza Coelho, às 16h, pelo Campeonato Pernambucano.  

O time entrará em campo com Marcão; Bahia, Rafael Dumas, Diego e Erick Daltro; Luanderson, Wagninho e Jorge Henrique; Erick, Jefferson Nem e Paiva.

O último jogo entre as equipes foi em janeiro de 2019 onde o Náutico venceu por 5x0, com 4 gols apenas no primeiro tempo, nos Aflitos. E há alguns anos, a invencibilidade do Timba não tem sido quebrada, e dentro deles, a goleada de 8x0 em 2013.

São 5 empates desde o início da temporada, todos se perguntam o que aconteceu com o Náutico do final de 2019, se houve algum problema ou o Dal Pozzo está só testando o time. Nesse jogo o técnico irá poupar algumas peças que nem chegaram a viajar, e poderá finalmente colocar Diego para atuar na zaga, que se surpreendeu com punição no último jogo pela Copa do Nordeste devido à expulsão no jogo contra o Sampaio Correa na final da Série C 2019.

Diego Negão (Zagueiro) Durante treino no CT Wilson Campos.

Foto: Caio Falcão - Comunicação do Náutico

Terão várias caras novas e gente que não joga há tempos nesse jogo, um exemplo disso é a mudança do goleiro Jefferson, que desde que chegou no Náutico é titular, que será substituído por Marcão. A zaga terá uma nova dupla que se der certo poderá ser utilizada como titular, pois esse é um dos maiores problemas que o Timbu tem enfrentado desde a lesão de Camutanga.

A Nação Alvirrubra está acreditando por ser um jogo fácil, mas devido aos ocorridos nas últimas partidas não tem a mesma empolgação. A sensação de um antigo Náutico ressurgiu, o receio de como vem acontecendo os jogos que pela visão seriam fáceis e os empates estão vindo sempre depois de levarem gol, mudanças erradas, jogadores em posições nada favoráveis, entre outros acontecimentos. Mas como dizem “É O NÁUTICO!” e torcida foi feita para apoiar. 

Os ingressos estão disponíveis na bilheteria do Estádio Paulo Coelho por R$20,00 no dia do jogo. 

 

Por: Daleth Dantas

 

*O BlogMec esclarece que os textos trazidos nesta coluna não refletem, necessariamente, a opinião do Blog.