Acorda diretoria!

 

O Cruzeiro fez nesse sábado (21), sua segunda partida pelo Campeonato Brasileiro. Enfrentando o Figueirense no Mineirão, a equipe   empatou por 2 x 2, placar que não convenceu, nem agradou a ninguém.

 

(Globoesporte.com)

No primeiro tempo o Cruzeiro demonstrou um futebol feio, sem brilho, sem criação e isso resultou no primeiro gol do adversário, marcado por Rafael Moura. Os times foram pro intervalo e voltaram se alterações, o Cruzeiro começou demonstrar mais vontade, mas aos 9 minutos tomou o segundo gol.

A  reação, começou com Elber aos 10 minutos, em uma jogada simplesmente espetacular, a partir dai o time azul criou mais e chegava mais ao gol, com certeza motivados pelos puxões de orelha recebidos no vestiário. Paulo Bento decidiu mudar e sua primeira substituição foi certeira, saiu Pisano para entrada de Douglas Coutinho, e o garoto tem sorte, 4 minutos após entrar em campo, recebeu um cruzamento perfeito de Sánchez Miño e marcou o segundo gol do Cruzeiro, deixando tudo igual.

O placar só ficou assim por que mais uma vez o goleiro Fábio fez belas defesas. Quanto ao resultado, não foi bom para o Cruzeiro que ficou na 14º colocação, e  segue sem vencer no Campeonato Brasileiro – perdeu na estreia para o Coritiba, por 1 a 0. O próximo compromisso celeste será contra o Santa Cruz, quarta-feira, às 21h45, no Arruda, em Pernambuco.

 

(Globoesporte.com)

O time celeste passa para um momento de adaptação, pela troca de comando, mas isso não impede a diretoria de contratar, o torcedor está acostumado a vencer e sabe que o time tem áreas que precisam de reforços, e que parece que a diretoria não quer enxergar.  Em sua estreia, Paulo Bento fez o que pode e já agradou boa parte da torcida, o time reagiu e quase chegou a virar o jogo, algo que já pode se considerar um grande passo.

#AcordaDiretoria

#PorTiCruzeiro


por Greicy Santos