Acreditar Sempre!

 

Vasco vence o Palmeiras e fica próximo de deixar a zona de rebaixamento.

 

O Vasco venceu o Palmeiras neste domingo no Allianz Parque pelo placar 2x0, com show de Nenê em campo. O Gigante conseguiu uma importante vitória.

 

O técnico Jorginho fez algumas mudanças na equipe do Vasco, que entrou em campo e as mudanças surtiram efeito. Com  Rafael Silva e Riascos, o time ganhou mais velocidade no ataque. As outras mudanças que ajudaram, foram a entrada de Diguinho e principalmente de Serginho no lugar de Júlio dos Santos.

 

Jorginho montou a equipe muito bem taticamente, com poucos erros, a equipe armava as jogadas e quem comandava a equipe era Nenê. Criando as jogadas, Nenê estava em todos os lugares do campo.O time não dava espaço para o Palmeiras. O goleiro Martín Silva pouco trabalhava, já as jogadas de ataque do cruz-maltino levavam mais perigo a meta alvi-verde.

O Vasco teve a sua primeira grande chance aos 25 do primeiro tempo em ótimo chute de Serginho, mas o goleiro Fernando Prass defendeu bem. Antes o Vasco já havia, criado várias jogadas trabalhadas com o trio Nenê, Rafael Silva e Riascos. Já time do Palmeiras só foi obrigar o goleiro Martín a trabalhar aos 31 minutos da primeira etapa com Rafael Marques, mas o goleiro não teve muita dificuldade para fazer a defesa.

foto:agazeta

O Gigante continuou atacando até que aos 34 minutos, numa cobrança de escanteio de Nenê, Rafael Silva abriu o placar para o Vasco, em um bonito gol de cabeça do atacante. Logo depois, aos 40 minutos, foi a vez de Nenê ser premiado com um belo gol na Arena. Em uma jogada confusa entre a zaga palmeirense e  Rafael Silva, o atacante se deu melhor, depois do tropeço do zagueiro Vitor Hugo. A bola acabou sobrando para Nenê, que sozinho, tocou por cima de Prass e ampliou o placar para o time do Vasco.

 

foto:Gazetaexpress

Na segunda etapa o time vascaíno apenas administrou o resultado. Com algumas modificações, a equipe paulista chegou mais ao ataque do Vasco, mas nada que levasse tanto perigo a meta cruz-maltina, o lance mais perigoso do Palmeiras na segunda etapa, foi a cabeçada na trave aos 13 minutos do jogador Thiago Santos. Já o Vasco, passou a atacar menos, mas mesmo assim ainda levava perigo ao gol do alviverde.

O técnico Jorginho fez três alterações na partida: Eder Luis no lugar de Riascos; Rafael Vaz no lugar de Nenê, que foi sem dúvida o melhor jogador da partida e Júlio dos Santos no lugar de Rafael Silva.

E assim terminou a partida. Com o resultado o time está agora com 33 pontos, na 19 posição na tabela. As derrotas de Figueirense, Avaí, Coritiba, Goiás e o empate do Joinville, adversários diretos do Vasco para fugir do rebaixamento, ajudaram o time, que agora está há apenas 2 pontos do primeiro time fora da zona de rebaixamento, e com uma combinação de resultados a equipe poderá sair do Z4 na próxima rodada.

 

Na saída do jogo, o destaque da partida, o atacante Nenê falou com a imprensa:

 

- Alegria muito grande, é um ar novo. Falei semana passada que não tinha nada perdido, nós confiamos. 

Todos os jogadores sabiam que era a chance de aproximar para sair da zona do rebaixamento. 

Individualmente fomos perfeitos.

 

Já na entrevista coletiva após a partida, o técnico Jorginho falou, sobre a próxima partida que será um jogo difícil contra o Corinthians, mas será a volta do Vasco para casa São Januário:

 

- Não faz diferença (Corinthians campeão ou não). O que faz diferença é que vamos jogar na nossa casa. O Corinthians sempre é uma equipe perigosíssima. É um time qualificado demais, tem um plantel maravilhoso. O Tite é um dos melhores treinadores do futebol mundial hoje, mas o mais importante é que voltamos a jogar bem, voltamos a fazer gol com a bola rolando e vamos voltar para nossa casa. Vamos voltar para São Januário, com um campo melhor, temos que lotar a nossa casa e eles (Corinthians) têm que se sentir incomodados - disse Jorginho.

 

O Vasco terá a semana livre para treinamentos e só voltará a campo no dia 19/11, onde enfrentará a equipe do Corinthians, em São Januário ás 22:00.

 

#EuEscolhiAcreditar

 

Jessica Martins