AGORA SÓ FALTAM 90 MINUTOS

O Náutico conseguiu uma importante vitória na primeira partida da final, uma vitória que deixa a equipe perto do título, mas nunca esquecendo que os adversários virão com tudo nos últimos noventa minutos, na casa deles.

Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press

Neste domingo (29), o Náutico recebeu o Sampaio Corrêa nos Aflitos e venceu, aliás, venceu muito bem, 3 x 1, e com esse placar o título da série C ficou bem mais perto. Apesar de a partida começar travada, o Timbu conseguiu se superar, principalmente na segunda etapa e fazer os gols, para conseguir levar a vantagem para a segunda partida.

Gilmar Dal Pozzo falou após a vitória. “Primeiro tempo muito equilibrado. A característica de uma decisão é competir. As duas equipes competiram muito forte. Tanto o Náutico quanto o Sampaio Corrêa. Trabalhamos durante a semana com Josa posicionado e Jonathan mais avançado junto com Jean (Carlos). Só que na escalação, fomos surpreendidos com eles utilizando três volantes e tirando a saída de bola da gente. Em compensação, tivemos muitas chances pelo lado direito com Danilo (Pires). Contra o Juventude, isso não aconteceu. Hoje existiram mais oportunidades e faltou precisão. Fizemos um gol fruto da bola parada e eles empataram num lance que Josa tentou afastar e a bola sobrou para o atacante” disse.

A Partida

A equipe maranhense entrou para a partida com algumas mudanças e surpreenderam o Timbu, o que deu a eles melhores chances no início da primeira etapa, mas Jefferson estava lá. O Náutico equilibrou a partida e foi em busca da vitória. Aos 27’ em bola cruzada na área Vitor tentou tirar a bola, que bateu em João Victore e foi para o gol, gol contra e bem estranho, mas o que importa é o placar, 1 x 0.

Logo aos 33’ o gol de empate saiu, Josa tentou tirar a bola que sobrou para Roney que fez um belo gol. Apesar dos dois gols, a primeira etapa foi relativamente fraca para uma final.

Na segunda etapa o Náutico voltou melhor, com maior posse de bola e mais chances de gol, e aos 9’ Camutanga colocou o Timbu mais uma vez a frente do placar, de cabeça e sem chances para Andrey. A partida seguiu muito pegada, com algumas chances para as equipes, mas sem efetividade. Até que aos 41’ em falha da zaga do Sampaio Corrêa, a bola ficou com Jhonnatan que chutou e marcou o 3º do Náutico.  E assim ficou o placar nos Aflitos, Náutico 3 x 1 Sampaio Corrêa.

 

Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

A próxima partida e última desta Série C, ocorrerá no próximo domingo (06), no Estádio Castelão, às 16h. Caso o Timbu perca ou empate a partida, ainda se sagrará campeão.

 

Kelly Cristine Janiro