AI, AI, AI, AI, TÁ CHEGANDO A HORA!

 

Neste domingo (18) o Palmeiras enfrenta o Paraná fora de casa, em jogo válido pela 35ª rodada, e eu não vou me empolgMAS DE QUANTO SERÁ QUE A GENTE GANHA? Já posso começar a beber?

 

Emoções a parte, sabemos que a situação do Paraná no campeonato é bem ruim, estamos em lados opostos da tabela, então pra nós torcedores é um jogo fácil. Claro que a gente sabe que o elenco não pode pensar assim, que eles devem sempre respeitar o adversário (não demais), e devem manter os pés no chão, pois estamos na reta final e jamais o time deve ir a campo com o sentimento de já ganhou. Mas claro que isso vale pro jogadores, pra nós torcedores, não. Já fazemos conta esperando vencer também mais essa batalha, afinal o adversário não aspira mais nada nesse brasileiro, enquanto nós contamos pontos e jogos pra essa taça vir pro Palestra Itália mais uma vez. Amargamos 22 longos anos sem brasileiro, saímos dessa maldição em 2016, e agora apenas dois anos depois, podemos levantar o caneco de novo. Veeeem deca!

 

(Foto: Instagram Oficial Mancha Alvi Verde)

 

A gente até tenta controlar a empolgação né, mas falta tão pouco que é praticamente impossível achar que esse título não vem.

O retrospecto entre Palmeiras e Paraná é favorável ao Verdão, pois são 17 jogos, 10 vitórias alviverdes, 2 empates e 5 derrotas. Com esse histórico, na ponta da tabela, jogando um futebol que pode não ser considerado bonito por muitos porém vem sendo eficiente, como é que a gente não se empolga hein?!

Confesso que lá atrás, ainda jogando Copa do Brasil e Libertadores, achei que poderia vir um desses dois títulos, mas que o brasileiro era o campeonato a ser “descartado". Acredito que muitos palmeirenses também pensaram assim. Mas olha só como estamos. Nem lembramos mais as dores das eliminações (mentira, ainda dói sim um pouquinho), estamos eufóricos, fazendo contagem regressiva, quase nem damos conta dos que vem na sequência na tabela. Não podemos nos preocupar com eles agora, só precisamos fazer nossa lição de casa, falta tão pouco! Só importa nossos jogos, os outros podem até estar próximos, mas o Verdão depende só dele. E a torcida está junto rumo ao título. Estivemos em todas fases ruins, agora então, estamos muito juntos, pra caraleo!!!

 

No primeiro turno, o Palmeiras venceu o Paraná por 3x0 no Allianz Parque. (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

 

Artur, que é opção para o ataque alviverde e estará no banco, volta ao palco que já foi sua casa. A revelação da base palmeirense estava emprestado ao Londrina em 2017. Sua boa sequência chamou atenção dos dirigentes palestrinos e fizeram com que ele fosse reintegrado ao Verdão, e no time principal. Nosso garoto estreou inclusive contra esse mesmo Paraná, no primeiro turno, ainda antes da chegada de Felipão. Desejamos a ele boa sorte, e que tenha a oportunidade de estar campo, pois é uma promessa que vale a pena acreditar. Ultimamente nossa base vem com boas revelações e vem forte.

 

(Foto: Cesar Greco/ Ag. Palmeiras)

 

Dados do Palmeirão para o confronto:

Local: Estádio do Café, em Londrina (PR)


Data e horário: domingo, às 17h (horário de Brasília)
Escalação provável: Weverton; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Victor Luis; Felipe Melo (Thiago Santos), Bruno Henrique e Lucas Lima; Willian, Dudu e Borja (Deyverson)
Desfalques: Luan (suspenso)
Pendurados: Antônio Carlos, Diogo Barbosa, Edu Dracena, Gustavo Scarpa, Hyoran, Jailson, Lucas Lima, Marcos Rocha, Thiago Santos e Willian
Arbitragem: Bruno Arleu de Araújo apita a partida, auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (Fifa) e Luiz Claudio Regazone (todos do Rio de Janeiro)

 

Dá-lhe, dá-lhe, dá-lhe porco, seremos campeões, mais uma vez!!

 

Até o apito final. Até o gol sair. Até a vitória. #AvantiPalestra

Por Vânia Souza