Alguém falou em tabu?

Vitória em cima do colorado no estádio Beira-Rio põe fim a um tabu de quase vinte anos.

(Foto por Palmeiras Oficial)

O Palmeiras não vencia o Internacional há quase vinte anos em Porto Alegre, mas também não vencia o Corinthians no Pacaembu há mais de vinte anos, também não vencia há muito tempo o Sport em Recife... Fim de tabus. O próprio técnico Palmeirense lembrou isso no final da partida, em entrevista a TV Globo. O comandante falou:

"Fazia muito tempo que não ganhávamos no Recife, do Corinthians no Pacaembu, aqui... as coisas estão fluindo bem. Estou feliz pela apresentação do time, já que demos poucas chances ao Internacional, que jogou supermotivado com a estréia do Falcão. Fizemos um jogo quase perfeito e merecemos a vitória".

Venceu e venceu bem o jogo fora de casa. O Internacional que não vem de uma boa sequência de jogos, entrou motivado com a estréia de seu novo técnico. Mas nem assim conseguiu vencer o Palmeiras.

Se todo mundo ficou ressabiado com a escalação do técnico Cuca, trocou Dudu por Erik, qualquer desconfiança acabou quando o atacante fez o gol da vitória e único gol da partida aos 11 minutos do primeiro tempo. A estrela de Cuca brilhou mais uma vez com suas substituições, quase sempre precisas, e também a estrela do próprio jogador que fez uma boa partida.

Por mais que apenas um gol tenha sido feito, o Palmeiras criou grandes chances de abrir o placar, mas a bola não entrou mais. Ainda assim a equipe soube segurar a equipe colorada e manter a vitória fora de casa. Também vale dizer que o palmeiras tomou um sufoco no final do jogo e defendeu-se como pode. Desgaste desnecessário que poderia ter sido evitado.

A vitória fora de casa é importante, pois mantém o alviverde na liderança isolada do campeonato com 32 pontos. Logo atrás está o arquirrival Corinthians que no clássico contra o São Paulo só conseguiu um empate em casa, voltando a diferença de três pontos atrás do Palmeiras.

  Ao término da 15º rodada do Brasileirão o Palmeiras: é líder do campeonato, possui o melhor ataque, a segunda melhor defesa, melhor equipe como mandante, melhor equipe visitante, tem o artilheiro do campeonato e o jogador com mais assistências.

Há muito tempo que o Palmeiras não nos deixava sonhar tanto com o título do Brasileiro, depois da dureza de 2009 o time nunca brigou tanto pela ponta da tabela como briga agora. A pontuação e a liderança mostram o empenho de técnico e jogadores que está dando muitos resultados positivos. Falhas ainda existem e podem ser superadas e é isso que esperamos para levar mais essa taça pra casa.

 

Até logo Jesus e Prass!

(Imagem: Palmeiras oficial)

Depois do jogo de hoje o atacante Gabriel e Jesus e o goleiro Fernando Prass vão se apresentar a Seleção Brasileira e podem desfalcar a equipe por até seis jogos, caso a seleção brasileira chegue a final da disputa de medalhas nas olimpíadas.

 Sabemos que os dois jogadores são peças importantes da equipe e que farão muita falta, mas o Palmeiras já demonstrou que possui boas peças no elenco que podem dar conta do recado neste período.

Ainda há mistério em quem substituirá os jogadores. Provavelmente quem substituirá Prass será o goleiro Vagner, mas a substituição de Gabriel Jesus ainda não foi confirmada. Em entrevista após o jogo, Cuca informou que ainda vai estudar o assunto e ver como será o treino da equipe durante a semana.

O Palmeiras volta a campo no domingo às 11h para encarar o Galo em casa.

 

Siga o líder!

Por Marcela Permuy