ALÍVIO! ESSE MOMENTO É NOSSO, NAÇÃO.


                Foto: Divulgação// EC Vitória


 

O meu plano era estar escrevendo o texto do acesso, porém, como todos nós sabemos, esse ano foi doloroso para o Esporte Clube Vitória. Quem diria que na 37° rodada estaríamos brigando para não cair?? Estou totalmente frustrada com essa temporada ridícula do Leão, mas aliviada por não ter que disputar uma série C no ano que vem. 

Nação, comemore!! O resultado desta noite de terça-feira (19), contra o Operário foi uma forma do clube agradecer pelos apoios, as palmas e até mesmo os gritos de vaias. Quantas vezes deixamos os nossos afazeres de lado para mandar energia boa ao nosso amado Vitória ? Inúmeras. Quantos pingos de chuva ? Quantas noites mal dormidas ? Quantos “Hoje não. Tem Leão”? São incontáveis coisas que passamos nessa temporada, infelizmente mais momentos de aflição do que de alegria, mas resistimos até aqui e mais do que nunca temos que comemorar. Esse momento é nosso!! Alegra-te, 2020 já começou para nós. 


 

O JOGO:

 

A partida começou sem muita emoção, ambas as equipes pareciam estarem bastante acomodadas com o placar de 0x0. Os poucos chutes ao gol se resumiam em finalização para fora ou sem muita dificuldade para os goleiros, que até aos 22 minutos eram telespectadores em campo.

Mas aos 23, Léo Gomes acertou um belo chute, obrigando o arqueiro alvinegro a fazer uma boa defesa, porém não foi o suficiente para impedir que o Vitória abrisse o placar. Depois de ver sua tentativa de gol parar nas mãos do goleiro e depois no travessão, Léo aproveitou a sobra de bola na área e deu um chute certeiro. 1x0 Vitória. 

Na frente do placar, o Leão mantinha a mesma postura defensiva, enquanto a parte ofensiva deixava a desejar. O Operário, por sua vez, cresceu no jogo e no finalzinho no primeiro tempo achou uma bobeira na zaga rubro negra e deixou tudo igual. 1x1.

Na volta do intervalo, Geninho mandou a campo o mesmo time frágil, sem poder agressivo. E viu os donos da casa pressionar na  maior parte do jogo, obrigando Martínz a realizar belas defesas.

O comandante rubro negro resolveu fazer a primeira mudança aos 25 minutos, sacando Eron e colocando Felipe Garcia, que mal entrou e já aparentava estar cansado.

O Operário era superior e teve várias chances de virar o jogo… Maaaaas foi o Vitória que balançou as redes. Faltando apenas 30 segundos para encerrar a partida,  o lateral mais eficiente do Brasiiiil, Carleto, Deusleto (chame como quiser), acertou um golaço que carimbou a permanência do rubro negro na competição. Final 2x1 Vitória. 

Com o resultado o Vitória chegou a 45 pontos, e não pode ser mais ultrapassado pelo Londrina (primeiro time dentro do Z-4). Agora o Leão respira aliviado, e vai para o duelo contra o Coritiba, no próximo dia 30/11, apenas para cumprir tabela. 


 

#SRN

 

O teu pavilhão nós vamos erguer

 

Talita Silva