ALÔ G4! CHEGUEI E QUERO FICAR!

 

Foto: Setor de Comunicação do Coritiba.

 

Alívio! Nada melhor do que ouvir essa palavra. A noite desta quarta-feira (04) foi realmente do Coritiba, o time queria e buscou os três pontos que devolveu aquela sensação de paz ao torcedor e jogadores. Eram quatro partidas sem vencer, uma derrota e três empates. A vitória além de excelente, nos deixa momentaneamente na segunda colocação com 23 pontos. Agora precisamos dar aquela secadinha básica nos demais adversários para que possamos nos manter no G4 e, quem sabe, terminar a rodada na vice-liderança.

 

O time do Coritiba teve maior posse de bola e mais chances claras de gol. O Paysandu, por sua vez, veio mais retrancado, jogou no seu ritmo, mas mostrou que também queria marcar. Em algumas boas oportunidades, vimos a estrela do goleiro Wilson brilhar e, em um pênalti bobo marcado para o Papão, tomamos aquele susto novamente, mas, não seria naquela noite que o Coxa iria sair com mais um empate. O travessão amigo ajudou e, com um a mais, o Coxa matou o jogo no fim e garantiu os três pontos.

 

Bruno Moraes que entrou no segundo tempo e marcou o segundo gol do Coxa, falou sobre o jogo:

 

A Série B é isso daí. Com um a menos a gente viu como foi a guerra para vencer. Não podemos desistir, é acreditar, que no finalzinho vamos sair vitoriosos".

 

O goleiro Wilson, em entrevista coletiva, contou sobre a pressão que fez no jogador do Paysandu, o meio Thomáz:

 

Foi mais um jogo psicológico que a gente faz antes. Ele pegou a bola, aí o outro companheiro dele foi do lado dele e perguntou "você quer bater?" Aí eu falei "está pipocando, pô. Bate você"? Acho que ele ficou meio sem graça e resolveu bater. Felizmente ele errou” - comentou o camisa 84. (Entrevista retirada do site: Globo Esporte).

 

SOBRE O JOGO

 

O Coritiba entrou em campo com mudanças, Thalisson Kelven e Simião suspensos, deram lugar para Romércio e Yan Sassé. Já na lateral esquerda, Chiquinho ocupou a posição no lugar de Willliam Matheus.

 

O Coxa começou o jogo pressionando e buscando o gol. Aos 14 minutos, Alisson Farias deu um bom passe para Yan Sasse, que chutou com perigo, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora. Aos 19 minutos, Wilson mandou um excelente lançamento para Guilherme Parede (que vem atuando muito bem desde a entrada do técnico Eduardo Baptista), ele passou pela zaga e mandou direto para o gol, abrindo o placar e confirmando a artilharia no Coxa, 1X0. Vale ressaltar, nesse lance, a eficiência do goleiro Wilson, que além de fazer defesas e gols de pênalti, tem sido fundamental nas assistências.

 

Após o gol, o jogo caiu um pouco de ritmo, o Paysandu precisava correr atrás do prejuízo. Aos 44 minutos, Wilson fez uma excelente defesa após uma jogada individual de Mateus Muller. Na sequência, na cobrança de escanteio, Renato Augusto mandou de cabeça e a bola passou pertinho do gol.

 

No segundo tempo, logo aos nove minutos de jogo, Timbó fez uma falta maldosa em Yan Sassé, como já havia tomado cartão amarelo, o jogador complicou ainda mais a vida do Papão sendo expulso de campo. Na sequência, Yan saiu para a entrada de Kady. Aos quinze, Parede mandou a bola na pequena área, Pablo Thomaz mandou para o gol e acabou acertando o travessão, uma excelente chance de ampliar o placar.

 

Aos 27 minutos, o Paysandu teve sua chance de empatar a partida, Thomaz disputou na bola com Leandro Silva, o zagueiro do Coxa acabou cometendo a falta e o juiz assinalou pênalti. E o coração do torcedor já ficou na lamentação, seria esse mais um jogo que o Coxa ia sofrer? Iriamos novamente carregar o peso de um empate? Não! Não! Porque quando o São Wilson não defende, a bola bate no nosso amigo travessão. E foi assim, que Thomaz após sofrer uma pressão psicológica do nosso goleiro, carimbou o travessão e viu o empate fugir. Festa pra gente!


Pablo Thomaz e Uilliam Correia saíram, dando espaço a Bruno Moraes e Vinicius Kiss. E deu certo, Bruno Morares aos 46, recebeu cruzamento de Leandro Silva e mandou direto pro gol. Festa Alviverde e o Coritiba matava o jogo aliviado com os três pontos no bolso.

 

Seguimos firmes e fortes na luta pelo acesso! Série B é assim, e com apoio da torcida iremos manter a boa fase em casa, e vamos em busca da vitória fora de casa. O próximo confronto é contra o Guarani, é hora de tirar o pijama e buscar os três pontos fora de casa.

EM BUSCA DA SÉRIE A!!!!

 

Campeonato Brasileiro Série B - 2018 - 14ª rodada

Coritiba 2 X 0 Paysandu

Estádio Couto Pereira em Curitiba - PR

Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha - GO

Assistentes: Edson Antonio de Sousa - GO e Leone Carvalho Rocha - GO

Quarto Árbitro: Lucas Paulo Torezin - PR

Coritiba: Wilson, Leandro Silva, Romércio, Alex Alves, Chiquinho, Vitor Carvalho, Uillian Correia (Vinicius Kiss), Yan Sasse (Kady), Guilherme Parede, Alisson Farias e Pablo Thomaz (Bruno Moraes)

Técnico: Eduardo Baptista

 

Paysandu: Renan Rocha, Maicon Silva, Renato Augusto, Thomaz, Moisés (Mike), Nando Carrandinha, Claudinho (Magno), Pedro Carmona (Perema), Edimar, Matheus Muller e Timbó

Técnico: Dado Cavalcanti

Gols:

Guilherme Parede (Coritiba) - aos 19 minuto(s) do 1º Tempo

Bruno Moraes (Coritiba) - aos 46 minuto(s) do 2º Tempo

Cartões: Amarelos: Timbó (Paysandu)Yan Sasse (Coritiba), Timbó (Paysandu), Perema (Paysandu), Leandro Silva (Coritiba), Maicon Silva (Paysandu)

Vermelhos: Timbó (Paysandu)

 

JUNTOS ATÉ O FIM!

Por: Patrícia Moro.