ANIVERSÁRIO. GOL. LEI DO EX: TUDO OK PARA GABIGOL!

Oooô o campeão voltou! 

 

No duelo entre o atual campeão Brasileiro e o vice campeão, o time visitante levou a melhor. O jogo ficou 1x0, e quem garantiu a segunda Vitória para o time Rubro-Negro foi o aniversariante do dia: Gabigol! 

 

 

 

#WakandaForever | Reprodução/Internet

 

Um bom jogo, mas o protagonista da vez foi o VAR! Que por sinal, anulou dois gols dos donos da casa. Eu sou somente mais uma torcedora entre milhões com opinião divergente,mas os especialistas no assunto, dizem que a arbitragem acertou, eu não concordo. O primeiro gol, de Raniel, estava sim impedido. Mas o segundo, é duvidoso. Em minha visão, Diego Alves teve uma pequena falha no gol de Marinho, e Jóbson que estava em posição de impedimento, não encosta na bola.

Os gols anulados elevaram a temperatura e acordaram os ânimos do lado adversário, principalmente com o jogador Marinho que parecia estar pilhado na partida. 

 

O gol que realmente abriu o placar, saiu no final do primeiro tempo, sim, por ele: Gabigol. 

O camisa 9 roubou a bola de Felipe Jonatan, acionou Michael e atravessou o gramado para receber na área, abrindo o placar. Novamente Gabigol comemora abraçando Domenec como uma forma de apoio ao técnico. 

Nos primeiros 45 minutos, o que não faltou foi raiva para os torcedores Flamenguistas: O time ficou uma semana treinando para jogar mal, perder gols e levar dois gols em menos de 15 minutos. É claro que xingamentos não faltaram!

 

No tempo complementar, o Peixe buscava a igualdade,marcando em cima dos comandados de Domenec e não deixava os mesmos jogar. 

Gabigol, que faz, mas também perde e perde MUITO gol, perdeu duas chances totalmente claras, a segunda, em jogada do estreante Isla, que entrou no lugar de Renê e atuou muito bem na partida.

 

 

 

Fonte: Alexandre Vidal

 

 

 

Gabigol se lesionou e Domenec repetiu o que fez contra o Coritiba: Colocou Diego Ribas no lugar e formou mais uma vez o trio de meias, com Arrasca e Everton Ribeiro (o camisa 7 começou o duelo no banco e entrou também no lugar de Bruno Henrique). 

Sendo assim, o time ficou sem nenhum atacante, tendo que Everton Ribeiro jogar de falso 9. 

 

O Flamengo levou o jogo aos trancos e barrancos até o fim. E o medo do gol de empate vir no final? 

Conquistamos os três pontos e foi motivo de festa para a equipe Rubro-Negra, mas há motivos para preocupação. 

O time deixou a Vila Belmiro com três baixas para o próximo duelo.

Diego Alves que sentiu dores no ombro esquerdo, Gabriel Barbosa que sofreu uma entorse no tornozelo e Bruno Henrique que já está fora automaticamente do próximo duelo por conta de terceiro cartão amarelo. 

 

No fim do jogo, Torrent ressaltou que continuará com o esquema de rodízio no time:

"Acho que temos que rodar, as pessoas precisam compreender isso. É impossível jogar 100% com os mesmos jogadores. No próximo jogo vamos rodar e no próximo também." - relatou o treinador.

 

 

Agora, o Mais Querido enfrenta o Bahia, na próxima quarta (02), às 20:30h, no Pituaçu.

 

 

Jogaremos Juntos!

TUA GLÓRIA É LUTAR!

CONTRA TUDO E CONTRA TODOS.

 

 

Por: Rhayanne Athyrsa. 

 

*Esclarecemos que os textos trazidos nesta coluna não refletem, necessariamente, a opinião do Blog Mulheres em Campo.