AOS DEUSES DO FUTEBOL MEU MUITO OBRIGADA!

 

Acharam mesmo que a Argentina ficaria de fora das quartas de final? 

(Fonte: @Argentina) 

Secadores de plantão não foi dessa vez que a praga de vocês pegou. A Albiceleste, como já é de costume, brinca com a gente, dá tapa na nossa cara, nos faz passar raiva, nervoso, mas no fim, faz a gente sorrir e chorar de alegria e alívio.

Chegando nesta última rodada da fase de grupos, com a corda enrolada no pescoço e precisando de um triunfaço, a seleção Argentina enfrentou o Catar e para quem almejava apenas o terceiro lugar do grupo, conseguiu de cara o segundo posto, somando quatro pontos. Com a segunda colocação assegurada, a Argentina vai até o Maracanã, onde na próxima sexta-feira (28), enfrentará a Venezuela já pelas quartas de final do torneio.

 

Foi na marra, foi suado, mas estamos lá! O abraço do alívio entre Agüero e Messi traduz muito bem o sentimento de todos.  

(Fonte: Divulgação da Internet) 

 

E falando do jogo, tudo o que a Albiceleste precisava era abrir o placar o mais rápido possível. Logo aos três minutos, em um erro na saída de bola do defensor catari (que mais pareceu um passe para nosso atacante), Martínez se  aproveitou disso, mandou o balaço e balançou as redes e correu para o abraço. Argentina 1x0 Catar. Esse foi o nono jogo de Lautaro com a nossa camisa e o quinto gol marcado. Após o nosso gol do "descarrego", os asiáticos rondaram a nossa área, se aproveitaram também da nossas falhas de marcação, e nos assustou no fim do primeiro tempo em uma cobrança de falta com Al Hajri que parou no travessão. 

Na volta para o segundo tempo, a Argentina até pensou em deixar o Cataris gostarem do jogo, mas eles esbarravam em seus próprios erros (que não eram poucos). Quando de fato foi para matar o jogo e garantir a classificação, Agüero, que não vinha assim lá aquelas coisas que se digam: nossa que espetáculo, mas fez algo útil e em uma arrancada perto do apito final, colocou 2x0 a nosso favor e aí foi só alegria. Alívio, alegria, euforia e quartas de final: "nóis chegamo". 

Sobre nosso triunfo, nosso menino Lautaro falou:

-" Buscamos o gol o tempo todo. Essa era nossa ideia e fizemos. Pressionados muito a saúde de bola do Catar. Fazer o gol logo no início da partida nos deu mais tranquilidade no jogo. Nós sabíamos que tínhamos a necessidade de ganhar. Estamos felizes, mas precisamos trabalhar. A Venezuela é um adversário complicado. Vamos trabalhar duro".

 

Lautaro Martínez, que abriu nosso caminho à vitória, na comemoração do seu gol. 

(Fonte: Divulgação da Internet) 

 

Mesmo a Albiceleste cometendo alguns erros, desperdiçando algumas chances, fez o suficiente para se classificar. Sempre que entra em um competição é umas das favoritas, então é transformar esse "favoritismo" em título. Jogadores para conseguir tal façanha nós temos, basta que consigam fazer esse trabalho em conjunto e nos levem a redenção! 

 

E aos antis, nunca está morto quem peleia! 


Por Adri Domingos, Argentiníssima.