APÓS 20 ANOS OS SAMURAIS AZUIS VOLTAM A DISPUTAR A COPA AMÉRICA

 

Foto: Reprodução da Internet

A primeira e única vez em que a Seleção Japonesa participou da competição foi em 1999, e foram eliminados logo na primeira fase, com duas derrotas e um empate.

Mas, tudo muda e tudo passa. Após ficar longos 20 anos fora da competição, a palavra que caracteriza a seleção Japonesa é: Renovação. Essa é a palavra de ordem da seleção!

Com apenas seis nomes do time principal, o Japão volta a disputar a Copa América, como convidada.

O Japão chegou ao Brasil com a maioria dos jogadores da seleção olímpica. O técnico Moriyasu, quer que os Samurais representam um bom futebol, querem a renovação e a evolução, já com o pensamento para as eliminatórias e os jogos olímpicos que serão disputados em Tóquio, em 2020.

Em 1999, na sua primeira participação na Copa América, a seleção Japonesa foi derrotada pelo Peru e Paraguai e empatou com a Bolívia.

A história da seleção Japonesa, tem raízes brasileiras. Tudo começou com a influência de Arthur Antunes Coimbra, sabe de quem estou falando? Não? Dele mesmo, de ZICO, que jogou no país na década de 90 e chegou até treinar a seleção asiática. É claro, o futebol já existia no Japão antes da chegada do ídolo brasileiro. Mas, a partir do sucesso do camisa 10 atuando pelo Kashima, a liga japonesa cresceu, evoluiu, melhorou e conquistou legiões de fãs. É inegável, no entanto, que o ex craque da seleção brasileira e do Flamengo é uma das figuras mais importantes da história da modalidade no país asiático. Graças a inspiração dos pioneiros estrangeiros como Zico, a seleção Japonesa vem em uma franca evolução.

Ano passado na copa da Rússia, os Samurais conseguiram chegar até as oitavas de finais, mas após estar vencendo por dois a zero, tiveram a façanha de conseguir ser eliminados pela Bélgica. Na copa da Ásia, o Japão é o maior campeão, com quatro títulos.

Entretanto, por ser apenas convidada na Copa América, os clubes não precisaram liberar os atletas para a Seleção do Japão, o que contribuiu para uma oportunidade da utilização da seleção olímpica. Uma ótima oportunidade para os jovens Samurais Azuis. A Seleção deposita toda a sua promessa no atacante Takefusa Kuba, que foi apelidado de "Messi Japonês",  de apenas 17 anos.

A seleção Japonesa está no grupo C, e estreia contra o Chile, na segunda(17), às 20h, no Morumbi.

 

Por: Rhayanne Athyrssa.