APRENDER COM OS ERROS, DEIXAR O TROPEÇO PARA TRÁS E VOLTAR A VENCER

Pela nona rodada do Brasileirão A1, o Colorado volta a campo neste domingo (13), às 18h, no campo do SESC.

 

Foto: Mari Capra/Internacional

 

Depois de uma partida dolorosa na última quinta-feira (10), onde as Gurias Coloradas foram vencidas pela equipe do Corinthians e perderam sua invencibilidade da competição, o técnico Maurício Salgado e o grupo já retornaram os trabalhos na sexta-feira (11), com poucos dias para a preparação a atenção precisa ser redobrada em corrigir os erros da última partida.

Apesar de terem sido derrotadas somente uma vez na competição, as Gurias Coloradas precisam retomar o caminho das vitórias se quiserem seguir vivas no campeonato e se classificarem para a próxima fase.

Hoje, as alvirrubras seguem na 5° colocação, com 15 pontos oriundos de 4 vitórias, 3 empates e 1 derrota. Mesmo com uma boa campanha e que se mostrou mais eficaz na volta da competição, ainda há muito trabalho a ser feito. 

O placar elástico da derrota no meio da semana, por mais qualificada que seja a equipe adversária, expôs fragilidades importantes na defesa e também a dificuldade de recomposição após um revés.

Os treinos foram finalizados na manhã deste sábado (12), onde Maurício teve a última oportunidade de ajeitar a casa e seguir focadas na classificação.

Como de costume, o técnico faz total e absoluto mistério sobre a escalação que deve vir a campo no domingo, a tendência é que entre com força máxima e se volte a avançar na tabela.

A equipe adversária, as meninas do Iranduba não pretendem sair do estado com duas derrotas, já que perderam paras as gurias do Grêmio na última rodada e estão na 9° posição com 12 pontos

Na arbitragem o comando é de Roger Goulart (RS), auxiliado por Mateus Olivério Rocha (RS) e Max Augusto Guimarães Vioni (RS). Quarto árbitro: Anderson da Silveira Farias (RS).

Um jogo que promete ser difícil, mas que precisa acabar em vitória Colorada!

 

ERROS DA CBF!

Mais uma vez a instituição que organiza tanto o Campeonato Brasileiro A1 quanto o Campeonato Brasileiro tem a inteligente ideia de colocar os jogos de ambas as categorias no mesmo horário, tanto o masculino quanto o feminino do Colorado entram em campo. 

A audiência do A1 que já é bem menor que a do Brasileirão acaba por diminuir. 

Não adianta planejar uma competição toda, trabalhar em divulgação e transmissão dos jogos se a própria confederação dá um tiro no pé. 

O Internacional chegou a solicitar a troca de horário de uma das partidas, solicitação essa que foi negada pela CBF.

Burrice ou descaso? Fica o questionamento

Jéssica Salini

*Esclarecemos que os textos trazidos nesta coluna não refletem, necessariamente, a opinião do Blog Mulheres em Campo.