APROVEITE A BLACK FRIDAY E LEVE TODOS DE GRAÇA.

 

Imagens claras da situação do nosso time. Foto: Reprodução da Internet



 

Nesta quinta-feira (28), O Verdão foi até o Maracanã passar vergonha, em jogo  válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A.

Incrível a capacidade desse time de nao saber o que fazer com a bola. Chega a ser angustiante. 

Sim, foi com os reservas, mas não somos nós que temos 3 times?! Claro, só na teoria mesmo. 

 

Primeiro tempo:

 

Com apenas dois titulares, o Palmeiras começou um pouco melhor  e assustou aos quatro minutos. Como todos os jogos, começa parecendo que vai, mas não vai... 

Raphael Veiga bateu de fora da área e levou perigo. O Fluminense não demorou para reagir e controlar a partida, desde os 20 minutos até o término da primeira etapa do jogo, mas com dificuldade na construção das jogadas. O gol do Fluminense só veio sair  aos 37 minutos. Marcos Paulo recebeu pela esquerda e com um bonito toque bateu no canto esquerdo alto de Weverton. Aos 42, em um cabeceio, o garoto teve outra oportunidade que passou por cima do gol.

Enquanto isso nosso Verdão querido continuava sem criatividade, sem posse de bola, sem chances de gols e com muitos erros individuais, como sempre dando muito  espaço para o adversário jogar. O Time carioca, com exceção de pouquíssimos momentos do jogo, só encontra resistência no último terço do campo e jogou por uma bola até o encerramento dos 45 minutos com alguns acréscimos. 


 

      Foto-César Greco 


 

Segundo tempo:

 

Mano Menezes começou o segundo tempo com Dudu e Lucas Lima. Essas substituições fizeram com que o Verdão ficasse ligeiramente melhor, ao menos ocupando o campo ofensivo com mais frequência, e logo em seguida teve uma  chance clara após um cruzamento de Lucas Lima, que Luiz Adriano cabeceou e Digão tirou quase em cima da linha. 

O Flu, por sua vez, manteve a pegada inicial e conseguia levar trabalho à nossa defesa explorando as alas, principalmente pelo lado direito.

A partir dos 15 minutos, o jogo trocou de dono e passou a ser do Porco, passando  a ter maior presença no campo de ataque, enquanto o Fluminense tentava encaixar contra-ataques ou ia à base do chutão... 

Vendo grande necessidade de alterar o time para recuperar o espaço perdido, Marcão colocou Pablo Dyego na vaga de Marcos Paulo, que saiu ovacionado pela sua torcida. O Verdão ainda tinha mais posse de bola e desperdiçou ataques. 

Nos minutos finais, Dudu apareceu nas costas da defesa tricolor e cruzou rasteiro para Luiz Adriano, que desviou de letra. A bola passou, criando um escanteio que não deu em nada. 

A única boa notícia foi a estreia do bom menino Gabriel Veron. Quanto tempo perdido, meu Deus! Nossa cria  teve uma oportunidade aos 36, após receber de Luiz Adriano, e chutou para fora. Logo em seguida, o centroavante assustou em desvio de cruzamento pela direita. Nos minutos finais, com o Flu muito fechado, o Verdão não conseguiu o empate e chegamos mais uma partida sem vitória, agora são quatro  sem vencer (duas derrotas e dois empates).




 

     Foto-César Greco 


 

Só queria entender o porquê dessa diretoria estar tratando nossa torcida com essa falta de respeito, cadê o bom senso? Estão achando que realmente somos palhaços? Por favor, usem um POUCO DE SENSO e respeito com NOSSA TORCIDA se é que ainda há algum.

 

Mais feio do que erraram nesse ano é persistir nisso ano que vem...

 

ACORDEM!


 

#ForaMattos Foto-reprodução da Internet 



 

#AvantePalestra

#brasileirão2019

#Palmeiras

#foramatos

#foragalliote

#foramano

Por Alba Angélica.