AQUELE JOGO QUE DE SOFRIDO, NÃO TEVE NADA!

FOTO: globoesporte.com

Sabe aquela superioridade? Sabe quando o "time grande" da mídia vem jogar no Majestoso e todos acham que seu time vai tomar um baile? Então, não foi assim!

Vindo de um empate com o líder do campeonato e um contra o Atlético Mineiro (aquele que hoje é considerado o melhor do Brasil) pela Copa do Brasil, a macaca foi indiscutivelmente superior ao Corinthians durante os 90 minutos de jogo.

Com a expulsão do zagueiro Balbuena ainda no primeiro tempo, a Ponte buscou a oportunidade e foi para cima. Ainda no primeiro tempo, Roger perdeu uma chance clara de gol, cara a cara com o goleiro Cássio. Mas não poderia ser diferente e seria no mínimo injusto se o gol não fosse dele. Roger abriu o placar e correu para comemorar com a torcida. 

Já na segunda etapa de jogo, a equipe da capital continuo jogando por um contra ataque, mas a Macaca continuou superior. Clayson ampliou o placar com um golaço, fechando o placar em cima do Corinthians por 2 x 0.

Partida a parte, foi bonito ver o desabafo de Roger e Clayson com a torcida hoje. Roger, que teve seu retorno questionado por boa parte dos pontepretanos, vai aos poucos mostrando a que veio e buscando sua identidade com a Macaca. Clayson, por sua vez, busca cada vez mais mostrar que o trabalho em campo pode render e se supera a cada jogo.

Não nos importamos com o telão em SP, lá em 2015, mostrando #desde77. A lição de casa foi feita aqui. Por que tudo é diferente da Ponte para cá. E por que não alçar voos mais altos? O G4 está aí, a libertadores também. E contra tudo e contra todos.

A macaca agora tem um descanso e volta a campo na próxima quarta-feira dia 7, no Espirito Santo, para enfrentar a equipe do flamengo.

Por Li Zancheta

Curta Blog Mulheres em Campo