Atlético deixa escapar vitória em Florianópolis

FOTO: Site oficial Atlético-MG

Em jogo isolado às 19hrs (Horário de Brasília) neste Domingo (03), Atlético e Figueirense se enfrentaram no Orlando Scarpelli, em Florianópolis. A partida, válida pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, terminou em empate por 1 a 1 e freou a sequência de vitórias do Galo na competição.

Com o objetivo de se aproximar do G4, o Atlético buscava a vitória que o faria igualar em pontos com o quarto colocado da tabela, mas o resultado foi diferente do esperado. O Figueirense defendia a invencibilidade como mandante (ainda não saiu derrotado, neste campeonato, dentro de seus domínios) e tentava se afastar da zona de rebaixamento.

O Galo logo mostrou o seu cartão de visitas e aos 7 minutos já fazia 1 a 0: após cruzamento de Douglas Santos, Fred livre dentro da área cabeceou firme e viu o goleiro Gatito Fernández ainda tocar na bola, antes que ela alcançasse o travessão e morresse no fundo das redes. O jogo não se mostrou mais fácil para o Atlético após a vantagem no placar, o Figueirense também tentava chegar a meta atleticana, mas não conseguia finalizar com qualidade. O time visitante também não conseguia se organizar na partida e o primeiro tempo terminou diferente no placar e equilibrado dentro de campo.

O Atlético voltou para o segundo tempo perdido em campo e viu o Figueirense empatar também aos 7 minutos, só que da etapa complementar. Após contra-ataque do time mandante e falha no setor defensivo atleticano, o atacante Ermel recebeu a bola e tirou do goleiro Victor, que saiu do gol, mas não tentou o abafa. Seis minutos depois, o atacante Fred recebeu cartão vermelho após suposta cotovelada em um jogador do Figueirense e dificultou ainda mais a situação do time atleticano.

Com um a menos em campo, o Atlético pouco chegou ao gol adversário. Após alterações do técnico Marcelo Oliveira, o ataque atleticano se mostrava confuso e pouco produtivo e o time da casa tentou aproveitar a situação. Com uma arbitragem confusa, errando a marcação de impedimentos para ambos os lados, promovendo inversão faltas, o nervosismo tomou conta dos jogadores. Foi então que, já nos acréscimos, Yago deu um tapa em Jr. Urso e também foi expulso do jogo.

O empate teve gosto amargo para o Galo, que esperava conseguir os três pontos e subir na tabela. Com o resultado, o Atlético soma 20 pontos e se encontra na 9ª colocação, a dois pontos do G4. O próximo compromisso atleticano também será fora de casa, em Brasília, no próximo Domingo (10) contra o Flamengo e o objetivo é não se distanciar da zona de classificação para a libertadores.

 

FICHA TÉCNICA

Gols: Fred (Atlético-MG); Ermel (Figueirense)

Cartões amarelos: Leonardo Silva, Erazo, Eduardo e Jr. Urso (Atlético-MG); Werley e Jocinei (Figueirense)

Cartões vermelhos: Fred (Atlético-MG); Yago (Figueirense)

Figueirense: Gatito Fernández, Ayrton, Bruno Alves, Werley e Marquinhos Pedroso (Pará); Elicarlos, Jocinei (Matheus Henrique), Bady e Yago; Everton Santos (Guilherme Queiroz) e Ermel – Técnico: Vinícius Eutrópio

Atlético-MG: Victor, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Erazo e Douglas Santos; Jr. Urso, Eduardo e Cazáres (Hyuri); Clayton (Carlos), Robinho (Patric) e Fred – Técnico: Marcelo Oliveira

Arbitragem: Rafael Traci (árbitro); Ivan Carlos Bohn e Luciano Roggebaum (auxiliares)

Júlia Campos