Atletico estreia na Libertadores em busca do bi da competição

O Atlético chega a sua quarta participação consecutiva na Copa Libertadores da América e entra em campo, nesta quarta-feira (17) às 21h45 (Horário de Brasília), em busca da sua segunda taça na competição. O jogo acontecerá no Peru contra a equipe do Melgar e será válida pela primeira rodada do grupo 5, que é composto ainda pelo Colo-Colo e Independiente del Valle.

(Foto: atletico.com.br)

A delegação Atleticana chegou a Arequipa no início da semana e já fez reconhecimento do estádio em que jogará durante um treino da equipe na cidade. Robinho e Jr. Urso não viajaram com o time e estarão de fora da primeira partida do Galo na Libertadores. Além disso, ainda com dificuldades na regularização do jogador, o Atlético não poderá contar com Cazáres para esta partida

O técnico Diego Aguirre, que assumiu um discurso de preparação para a Libertadores desde o início da temporada, tem grande expectativa para esse confronto e afirma que a equipe está confiante para uma boa estreia na noite desta quarta-feira. Dia de estreia também dos novos uniformes produzidos pela fornecedora, DryWorld, que foram apresentados em um desfile de lançamento polêmico.

A equipe peruana, volta a disputar a competição após 32 anos e espera impor o seu ritmo diante do adversário, que acredita ser um dos clubes mais fortes do continente. O técnico Juan Reynoso não poderá contar com o zagueiro recém contratado, Bolaños, que ainda não foi regularizado.

O time alvinegro ainda não está definido e é possível traçar apenas um esboço: Victor, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Erazo e Douglas Santos; Leandro Donizete, Rafael Carioca e Dodô; Luan, Patric e Lucas Pratto.

A escalação provável do time peruana, comanda por Juan Reynoso, conta com: Daniel Ferreyra, Edgar Villamarín, Minzún Quina, Werner Schuler e Diego Estrada; Jesús Arismendi, Anderson Santamaría, Mario Palomino e Ysrael Zúñiga; Bernardo Cuesta e Omar Fernández.

O trio de arbitragem colombiano é composto por Wilson Lamourox (árbitro principal), Wilmar Navarro e Alexander León (auxiliares).

O lema “Eu acredito” continua válido neste ponta pé inicial na corrida pelo bi da Libertadores. Os torcedores apoiarão e o mínimo que se espera é a entrega total de todo o elenco atleticano. Vamos Galo!

Por Júlia Campos