Atlético-MG e América-MG se enfrentam e ficam de novo no empate

O confronto entre Galo e Coelho, desta vez válido pela 7ª rodada do Campeonato Mineiro, novamente terminou em um empate por 1 a 1. A partida aconteceu neste domingo (13), na Arena Independência, às 16h (Horário de Brasília) com mando de campo do América. 

 

(Foto: SuperEsportes)

O Atlético, que vinha de uma partida difícil no Chile pela Copa Libertadores na última quinta (10), poupou grande parte dos titulares para o jogo. Com isso, novamente a equipe alvinegra foi à campo enfrentar o América com uma equipe alternativa.

A equipe mandante, comandada pelo auxiliar técnico Cláudio Prates (o técnico Givanildo Oliveira passou por uma cirurgia e esteve ausente na partida), buscava a vitória para alcançar a zona de classificação do Campeonato Mineiro. Os jogadores entraram em campo com a nova camisa, apresentada recentemente em desfile de lançamento dos novos uniformes.

Com o time considerado ideal escalado para jogar, o Coelho se lançou ao ataque, partindo dele as principais chances de perigo na primeira etapa. Bryan chutou de fora da área e, contando com um desvio em um jogador atleticano, acertou a trave de Giovanni. O goleiro ainda fez grande defesa após chute do atacante Tiago Luis, jogador do américa que teve ótima atuação no clássico, mas não conseguiu evitar o gol de Victor Rangel. Aos 33 minutos, o jogador fez bela jogada limpando os defensores e bateu com efeito, de fora da área, abrindo o placar para o América. O Atlético tentava atacar, mas encontrava dificuldade em acertar o último passe. Nas tentativas de longa distância quando não acertavam a meta, a bola parava nos defensores adversários.

O segundo tempo começou movimentado. O time visitante conseguiu boa troca de passes entre Patric, Tiago, Jr. Urso e Hyuri, mas o arremate foi para fora. Aos 12 minutos, em lance polêmico, o juiz Ronei assinalou pênalti em cima de Patric, gerando protesto por parte dos donos da casa. O estreante Clayton bateu e, após defesa de João Ricardo, aproveitou o rebote para colocar no fundo das redes. O atacante Sávio ainda acertou a trave mais uma vez pela equipe americana, mas o empate permaneceu até o final.

(Foto: SuperEsportes)

Com esse resultado, o América não chega ao G-4 e perde uma posição na tabela de classificação, ficando então na 6ª colocação. O seu próximo jogo pela competição será Sábado (19) contra a equipe do Tombense fora de casa.

O Atlético assume a liderança, mas aguarda o término da rodada para saber se irá se consolidar na posição. Pelo campeonato mineiro, terá o próximo compromisso contra o Tupi, no Domingo (20), na cidade de Juiz de Fora.

O jogo foi movimentado e o empate foi um resultado justo pelo o que apresentaram ambas as equipes. O clássico terminou com muita reclamação em relação a atuação do árbitro Ronei Cândido Alvez. O juiz apresentou algumas incoerências durante a partida gerando polêmicas.

 

FICHA TÉCNICA

Gols: Victor Rangel (América-MG); Clayton (Atlético-MG)

Cartões amarelos: Carlos César, Eduardo, Cazáres e Hyuri (Atlético-MG); João Ricardo, Artur, Adalberto, Leandro Guerreiro e Ernandes (América-MG)

América-MG: João Ricardo, Pablo, Artur, Adalberto e Bryan; Leandro Guerreiro (Claudinei), Ernandes, Tony e Danilo Barcelos (Rafael Bastos); Victor Rangel (Sávio) e Tiago Luis – Técnico: Givanildo Oliveira.

Atlético-MG: Giovanni, Carlos César, Gabriel, Tiago e Patric; Eduardo (Lucas Cândido), Jr. Urso (Leandro Donizete) e Cazáres; Hyuri, Thiago Ribeiro (Pablo) e Clayton – Técnico: Diego Aguirre

Arbitragem: Ronei Cândido Alves (árbitro); Ricardo Júnio de Souza e Magno Arantes Lira (auxiliares)

 

Júlia Campos