Avante Mengão

 

Neste sábado (08), o Flamengo conseguiu mais uma vitória no Campeonato Brasileiro e pulou para a vice-liderança da competição. O próximo confronto do Flamengo será na quarta-feira contra o Grêmio, na Ilha do Urubu.

 

Créditos: Gilvan de Souza / Flamengo

 

Contra o Grêmio, o Flamengo pode ter dois desfalques, Guerrero, pelo terceiro amarelo e Rhodolfo por uma lesão sofrida ainda no primeiro tempo. Réver apesar de não ter jogado por causa de uma gastroenterite, deve retornar.

 

O clássico dos milhões na qual reuniu as duas maiores torcidas no Rio, não teve um primeiro tempo de jogo tão grandioso assim. Com muitas faltas, reclamações e pouca qualidade técnica as duas equipes fizeram uma primeira etapa de jogo lamentável. O Flamengo até ficou com mais posse de bola e com mais tempo no campo de ataque, mas foram pouquíssimas as vezes que o time conseguiu chegar ao gol.

 

Créditos: Gilvan de Souza / Flamengo

 

Uma foi aos 22' em uma troca de passes em que Rodinei deixou para Diego, que girou e bateu. A bola desviou e passou perto do gol. O outro chute ao gol, mas que não esboçou muito esforço do goleiro adversário, foi do atacante Guerrero aos 37', que bateu de fora da área, mas sem muita ameaça.

 

Já o segundo tempo teve uma melhora na qualidade do jogo. Com ambas as equipes abertas, houve melhora nos passes e as oportunidades apareceram. Aos 9' Pikachu marcou pelo Vasco, mas o gol foi anulado, pois na jogada anterior Luís Fabiano havia feito falta em Léo Duarte.

 

Levando mais perigo, Flamengo conseguiu fazer o único gol da partida aos 17' em uma jogada individual de Everton Ribeiro para um cruzamento na medida pra Everton que cabeceou para dentro do gol. Após o gol, o Flamengo ainda teve mais duas grandes chances de gol, aos 23' Everton cruzou, Damião ajeitou, Everton Ribeiro bateu, mas foi travado. A outra chance apareceu com Damião aos 28' Everton que ajeitou de cabeça deixando Damião em boa posição, mas a arbitragem assinalou impedimento. Depois disso, Flamengo só foi administrando a partida.

 

Créditos: Gilvan de Souza / Flamengo

 

Após o apito final, parte da torcida do Vasco revoltada com a derrota, protagonizou cenas lamentáveis. Promovendo um verdadeiro "quebra pau", os vascaínos lançaram bombas para dentro do gramado e entraram em confronto com os policiais. O estádio virou um campo de batalha obrigando os jogadores do Flamengo a ficarem dentro de campo, o que fez eles sentirem alguns efeitos do spray de pimenta. Com a ajuda dos policiais, os jogadores foram para o vestiário correndo, enquanto iam em direção ao vestiário, uma bomba estourou próximo a entrada. Apesar do susto, os jogadores não tiveram nenhum ferimentos.

 

FICHA TÉCNICA:

 

Data/hora: 08/07, às 18h (de Brasília)

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Anderson Daronco (RS)

Auxiliar 1: Rafael da Silva Alves (RS)

Auxiliar 2: Elio Nepomuceno de Andrade Júnior (RS)

4º árbitro: Michael Stanislau (RS)

 

Flamengo: Thiago; Rodinei, Rafael Vaz, Rhodolfo (Léo Duarte) (Romulo) e Trauco; Márcio Araújo, Cuéllar e Diego; Everton Ribeiro, Everton e Guerrero (Leandro Damião) Técnico: Zé Ricardo

 

Vasco: Martín Silva; Gilberto, Rafael Marques, Paulão e Henrique; Wellington, Bruno Paulista (Andrey), Nenê, Mateus Vital (Wagner) e Yago Pikachu (Manga Escobar); Luis Fabiano Técnico: Milton Mendes

 

Rayane Almeida