AVANTE VASCÃO...

 

Vasco enfrenta o Goiás pelo jogo de ida da Copa do Brasil.

 

Foto: Reprodução da Internet 

Em meio ao mau momento que o Vasco vive dentro e fora de campo, o time tenta se concentrar na próxima partida para não se despedir cedo da Copa do Brasil. Nesta quinta-feira (12), em São Januário, o Gigante da Colina enfrenta a equipe do Goiás no jogo de ida da terceira fase da competição. A torcida que carrega o clube nas costas, já esgotou os ingressos de arquibancada e setor VIP restando apenas ingressos para a social que custam 120 reais, com desconto para sócios torcedores de acordo com o plano.

SOBRE O JOGO:

Falando sobre o time, o pressionado técnico Abel Braga provavelmente não terá problemas para escalar a equipe. Apesar do jogo horroroso diante do Volta Redonda no último domingo, o professor deve seguir o mesmo esquema tático, fazendo as mudanças apenas nos jogadores. Guarín que não atuou na última partida, vem treinando normalmente e mesmo com a mão imobilizada vai pro jogo provavelmente na vaga de Marcos Junior. Quem também segue treinando bem e mesmo com o receio da preparação técnica se colocou à disposição para a partida é o recém chegado Martín Benitez que talvez possa aparecer entre os relacionados para a partida. Com apenas uma mudança, esse deve ser o time que vai a campo diante do Goiás: Fernando Miguel; Yago Pikachu, Leandro Castan, Werley, Henrique; Raul, Andrey, Fredy Guarín, Marrony, Vinicius e German Cano.

Depois da partida do último domingo onde o Vasco fez mais uma partida péssima no ano, Abel Braga na entrevista coletiva deu a seguinte declaração:

-Temos que melhorar em muitos aspectos. Fizemos um jogo razoável na Copa do Brasil contra o ABC, teremos outro agora na quinta. O que jogamos hoje não é o bastante para ganhar do Goiás. Tivemos imensas dificuldades contra o Volta Redonda. O time não está apresentando aquilo que pode e deve. É a grande verdade. Estamos muito abaixo.

E pelo lado do Goiás essa declaração de Abel também repercutiu e o meia Daniel Bessa comentou sobre:

-Acho que ele quis passar para nós uma responsabilidade e uma pressão que não são nossas. Sabemos que o Vasco é um clube enorme. O Goiás também é, mas o Vasco tem essa responsabilidade. Não é porque eles estão vivendo um momento difícil que não são os favoritos. Ao meu ver, eles são sim, mas podemos ir lá e bater de frente. Tentar fazer o possível para conseguir essa classificação.

Provável Goiás: Tadeu; Juan, Fábio Sanches, Rafael Vaz, Caju; Sandro, Léo Sena, Daniel Bessa, Victor Andrade; Rafael Moura e Keko.

Foto: @bancadavasco 

 

BASTIDORES:

A notícia sobre a questão dos salários ainda segue rondando os bastidores do clube e porque vamos falar disso de novo? Porque essa semana foi importante em relação ao assunto. Nesta terça-feira (10), o presidente Alexandre Campello resolveu dar as caras e conversar com alguns jogadores considerados líderes do elenco. A conversa dessa vez não foi baseadas em promessas, já que o presidente não costuma cumprir e sim em o que estão tentando fazer para resolver essa questão o mais rápido possível. O vice de finanças Carlos Leão deu uma entrevista ao canal do YouTube "Atenção Vascaínos" e falou um pouco sobre isso:

-Com toda sinceridade a você e aos vascaínos, o primeiro semestre será muito difícil em fluxo de caixa. Não acredito que a gente consiga colocar três meses em dia, que é o que a gente queria. Acredito que vamos tentar levar isso de maneira razoável para junho ou julho, que é uma nova janela onde podemos fazer um valor importante com a venda de ativos. Mas ainda capengando. A gente está tentando antecipar várias receitas, a engenharia financeira do Vasco não permite que não existe operação financeira. Isso vai gerar fôlego, mas não vai resolver o problema. Só vai ser resolvido com dinheiro novo, que entendo como patrocínio e venda de ativos.

Nesta quarta-feira (11), porém, o clube usou a premiação da Copa do Brasil (2,8 milhões) por ter avançado nas duas primeiras fases da competição e pagou os salários referentes ao mês de Dezembro aos jogadores restando agora a segunda parcela do 13º, férias e o mês  Janeiro. O mês de Fevereiro vence somente no próximo dia 20.

OUTRAS INFORMAÇÕES SOBRE A PARTIDA:

Horário: 21h30 (Horário de Brasília)

Árbitro: Thiago Duarte Peixoto

Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Luiz Alberto Andrini Nogueira

Transmissão: SporTV e Premiere 

 

Texto: Jessica Martins 

 

*Esclarecemos que os textos trazidos nesta coluna, não refletem, necessariamente, a opinião do Blog Mulheres em Campo.