BAHIA ESTREIA COM PÉ DIREITO NA COPA DO BRASIL 2021

O duelo desta terça-feira (9) foi válido pela primeira fase da Copa do Brasil 2021

 

O confronto foi entre o Tricolor da boa terra e o Campinense, fora de casa, no estádio Amigão, em Campina Grande (PB).  Com campanha questionável em 2020, o time treinado por Dado Cavalcanti foi a campo com novo fôlego, e estreou com triunfo, batendo o time da casa por 1X7.

 

Rossi, Atacante do Bahia — Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia / Divulgação

 

Em noite inspirada, o atacante Rossi fez três dos sete gols do Bahia na noite. O lateral esquerdo Juninho Capixaba fez dois. Gilberto, após perder pênalti e dar assistências para os gols, também marcou o seu na partida e outro foi um brinde da casa, marcado por Kemerson, contra.  Até o momento, o Tricolor Baiano tinha estreado no Campeonato Estadual e na Copa do Nordeste com aparições um pouco aquém do esperado pela Massa Tricolor.  

Antes do duelo, o treinador baiano, Dado Cavalcanti, mostrou estar confiante, e declarou que a equipe precisava “resistir às dificuldades desse início de temporada, mas, com o tempo, nosso elenco vai se encorpando e a gente vai evoluindo em relação aos jogos, ganhando também novos jogadores”. 


 

 

Dado Cavalcanti tem retornos importantes para jogo deste sábado — Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia / Divulgação

Dado Cavalcanti — Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia / Divulgação

 

A 30º participação do Bahia em Copas do Brasil foi marcada por uma estreia com chuva de gols. Com um começo de jogo apagado, o Tricolor, após o susto do início ao ficar atrás no placar devido ao gol de Carlos Eduardo para o Campinense, virou o jogo logo na sequência e obteve um grande triunfo. 

Como foi visitante, o Bahia, segundo o regulamento do campeonato, tinha uma pequena vantagem de jogar pelo empate para avançar à segunda fase, mas isso não foi preciso, pois o clube se impôs em campo, batendo expectativas. Agora, a Copa do Brasil 2021 já tem artilheiro: Rossi, com 3 gols, e vice-artilheiro, Juninho Capixaba, com 2 gols. Com este triunfo, o Esquadrão de Aço embolsou a cota de R$ 1,35 milhão.  

A escalação inicial do Esquadrão de Aço no confronto desta terça foi no esquema 4-3-3, com: Douglas, Nino Paraíba (João Pedro), Juninho, Lucas Fonseca e Matheus Bahia (Juninho Capixaba); Rodriguinho (Alesson), Dnielzinho (Edson) e Patrick; Rossi (Thiago Andrade), Gilberto e Gabriel Novaes. 

Quem apitou o jogo foi Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES). Assistentes: Fabiano da Silva Ramires e Vanderson Antônio Zanotti (ES). O quarto árbitro foi Diego Roberto Souza de Melo (PB).      

 

Suzane Pinheiro

 

*Esclarecemos que os textos trazidos nesta coluna não refletem, necessariamente, a opinião do Portal Mulheres em Campo.