BAHIA VENCE O CEARÁ DE VIRADA

 

Em um jogo de tirar o fôlego o Bahia vence e encosta no G4

 
 

Antes de começar a partida contra o Ceará válida pela rodada 33° da série B, a torcida tricolor teve um momento único, o ex-treinador Evaristo de Macedo recebeu uma homenagem pelo título do campeonato brasileiro conquistado em 1988, Evaristo ganhou uma réplica da taça de 88, os atletas que ele comandou também estavam presente, a torcida soltou o grito de "É campeão" deixando a ocasião ainda mais especial.

 

 

 
 

Fonte: https://globoesporte.globo.com/

 
 

No primeiro etapa do jogo o Bahia começou atacando e assustando o goleiro Éverson, mas não conseguiu abrir o placar, aos 15 minutos o ritmo de jogo do tricolor caiu e o

Ceará começou a gostar da partida, apesar de não chutar muito a meta do goleiro Muriel, o adversário foi eficiente e fez o gol aos 28 minutos. Com a desvantagem, o Bahia foi para cima, o time perdeu várias oportunidades, saindo derrotado no primeiro tempo.

 

A segunda etapa começou com o esquadrão atacando e o goleiro Éverson fazendo grandes defesas, parecia que o jogo não sairia daquele placar, o Bahia desperdiçava muitas chances, a bola não balançava a rede, até que aos 16 minutos houve uma mudança, Régis entrou no lugar de Renato Cajá, aí foi só alegria para o torcedor que estava presente.

O meia-campista estava inspirado, ele foi decisivo para o esquadrão ganhar a partida. O Bahia empatou com Edigar Junior, virou com Régis e ampliou com Diego jogador do Ceará que fez gol contra. A fonte estava enlouquecida, 27.177 mil  vozes cantavam sua paixão pelo tricolor baiano transformando o estádio em um verdadeiro caldeirão.

 

Fonte: https://globoesporte.globo.com/

 
 

Com este triunfo o esquadrão chegou a 53 pontos e é 5° colocado, o próximo jogo é fora de casa contra o Vila Nova no estádio Serra Dourada em Goiânia, na sexta-feira (04/11), ás 21:30.

 

Ficha técnica

Bahia 3 X 1 Ceará

 

Cartões Amarelos: Renê (BA), Junior (BA), Lelê (CE) e Felipe (CE).

 

Gols:  Edigar Junio (BA), Régis (BA), Diego Felipe (Contra) e Lelê (CE).

 

Bahia: Muriel; Eduardo, Tiago, Jackson e Moisés (Tinga); Juninho, Renê Junior, Renato Cajá (Régis) e Wesley Natã (Victor Rangel); Edigar Junio e Hernane. Técnico: Guto Ferreira.

 

Ceará: Éverson; Tiago Cametá, Ewerton Páscoa, Charles e Thallyson; Richardson, Felipe (Serginho), Felipe Menezes (Diego Felipe) e Wescley; Bill (Rafael Costa) e Lelê.  

Técnico: Sérgio Soares.

 

Árbitro: Francisco de Paula dos Santos Silva Neto (RS).

 

Assistente: Lucio Beiersdorf Flor (RS) e Jorge Eduardo Bernardi (RS).

 

Por Milena Monteiro