BALANÇO POSITIVO: EM CASA, SANTOS ENCERRA A TEMPORADA DE 2019

 

Chegamos ao final de mais um Campeonato. (Quase) tudo já foi definido, já temos um campeão e alguns rebaixados, já temos artilheiro, gols bonitos, defesas incríveis, frangos inesquecíveis e muita zoação. Já bate aquela saudade de ir para a frente da tv, xingar meus três zagueiros, lamentar a ausência do meu goleiro, cornetar o que chamam de atacante e querer estar mais perto, em casa.

 

(Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/SantosFC)

 

O ano foi, para o santista, um misto de emoções tipo montanha russa ou o frio na barriga em começo de namoro. Se em alguns jogos nos iludimos e acreditamos, em outros saímos de campo totalmente convencidos em abandonar o Peixe. Se em partidas brilharam e me fizeram chorar de alegria, em outras quase me mataram de puro ódio. Mas, futebol é exatamente isso. Seguimos.

O Peixe recebe o Flamengo na Vila Belmiro na tarde deste domingo. A partida, válida pela trigésima oitava rodada do Brasileirão, está marcada para às 16h (de Brasília). No primeiro turno, no Maracanã, os rubros negros comemoraram a Vitória, e desta vez, quem sairá vencedor?

E já que chegamos até aqui, vamos para a última rodada no melhor estilo Sampaoli de ser: treinos fechados? Não! Surpresas na escalação (nem sofro mais). O provável Santos que enfrenta o Flamengo é: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Jorge; Alison, Carlos Sánchez e Diego Pituca; Marinho, Eduardo Sasha e Soteldo.

Luan Peres, Felipe Jonatan e Pará não jogam e, portanto, não foram nem relacionados. Além destes, Evandro também deve ficar fora por um desconforto muscular.

O alvinegro soma 71 pontos e ocupa a segunda posição na tabela. A Vila estará cheia para apoiar como foi feito durante a maior parte desta temporada, a briga é pelo vice por questões financeiras. Vamos ver como vão se comportar, já que, mais uma vez, dependem só de si.

Como torcedora, apaixonada por esse time, foi uma honra dividir com vocês cada detalhe, cada conquista, e poder desabafar a cada derrota ou má atuação. Gratidão por tudo.

Até a próxima!

 

Por Andra Jarcem, com o Santos onde e como ele estiver.