BASE FEMININA DA FERROVIÁRIA CONTINUA A TRADIÇÃO DE FAZER HISTÓRIA

 

Foto: Reprodução da Internet

A base do futebol feminino da Ferroviária continua a tradição do clube e mostrou para que veio, provando que o seu papel formador e pioneiro no futebol feminino continua forte. O sub-14, primeira escada do clube, se tornou campeão do Festival Feminino de futebol, organizado pela Federação Paulista, contra o time Meninas do Campo, em Santos (SP). Este título também foi conquistado nos pênaltis, 5x3, enquanto o jogo no tempo normal foi 1x1.

Na terceira edição deste campeonato e em duas finais seguidas da Locomotiva, mostra-se o compromisso do clube com o futebol feminino em todos os estágios possíveis. 

Já o sub-16 está invicto no Brasileiro para esta idade. Com 100 por cento de aproveitamento, o sub-16 da Ferroviária é tido, por enquanto, como o melhor time da competição, indo para as semi-finais depois de ter derrotado o Audax por 4x2, e terá como adversário na próxima fase o time São Paulo em Belo Horizonte (sinceramente não entendi porque esse jogo será em BH).

Além do Audax, as guerreiras grenás derrotaram o Kinderman-SC por 3x0 e o Internacional por 3x2. 

Com a melhor campanha e a artilheira Laura com 3 gols, 10 gols marcados e apenas 4 sofridos, a Ferroviária terminará o ano mostrando ao Brasil como deve ser respeitado o futebol feminino: com condições de trabalho, valorização e respeito às meninas e mulheres que jogam.

Pelo menos, as meninas que querem jogar futebol na região de Araraquara tem uma referência de sucesso e um aporte para a realização de seus sonhos. Por isso mesmo, ser jogadora de futebol para as garotas da periferia de Araraquara é um sonho recorrente tanto quanto ser jogador de futebol é para os meninos pobres. 

 

Por: Adrienne Kátia