Bobeada que custou os 3 pontos!

No início desta manhã, o Atlético recebeu a Ponte Preta, saiu vencendo, mas cedeu o empate

 

 

Foto: Atlético Oficial

 

No Horto, o Galo deu bobeira novamente em casa e deixou escapar os 3 pontos diante da Macaca. O time abriu o placar, tomou a virada e viu He-man, igualar o marcador. Com 9 pontos jogados, o Atlético conquistou somente 2, nada está perdido mas o sinal de alerta está sendo ligado no time atleticano!

O foco agora muda para quarta-feira, quando pela Copa do Brasil, o Atlético encara o Paraná.

 

O jogo:

 

O Atlético começou o primeiro tempo melhor, com mais posse de bola, mas o adversário estava bem postado, fechado em sua defesa, o que dificultava e o Galo não conseguia infiltrar área da Macaca. Aos 8min, a primeira chance veio com Fred e Cazares. O camisa 10 cobrou uma falta e o camisa 9 completou de cabeça, mas Aranha fez uma boa defesa. A Macaca teve um escanteio cobrado, Fred afastou e com isso o Atlético saiu em velocidade. Cazares viu Marcos Rocha livre e lançou a bola, o lateral de primeira tocou para Robinho, e o camisa 7 não desperdiçou, abrindo o placar, 1-0.

 

Foto: Atlético Oficial

 

 

No segundo tempo, a Ponte fez alterações e veio com mais força para cima do Atlético. O time da casa teve chances novamente com Robinho e Cazares, ambas defendidas por Aranha. Mas quem fez gol foi o visitante.

Wendel lançou Lins, Lucca livre recebeu e não perdeu a oportunidade, empatando o jogo, 1-1. Exatos dois minutos depois, um apagão total na defesa atleticana,  Lins tabelou com Léo Artur, ele de letra devolveu para o atacante que encontrou Lucca novamente livre. O atacante não desperdiçou e virou o jogo, 1-2.

Com a virada tomada, era difícil de acreditar tal feito dentro do Horto. Roger tratou de fazer alterações, Adilson que sentiu deu lugar para Maicosuel, Cazares saiu para a entrada de He-Man.

O Atlético tentava pressionar, mas a Ponte chegava com facilidade ao seu ataque e levava perigo ao gol de Victor. Marcos Rocha e Maicosuel tiveram chances, mas desperdiçaram, e quem marcou mesmo foi Rafael Moura. Após Marcos Rocha cobrar escanteio, Felipe Santa desviar e Rafael Moura completar para o fundo das redes, 2-2. Victor ainda operou no milagre no chute de Nino Paraíba.

 

Foto: Atlético Oficial

 

 

 

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO 2 X 2 PONTE PRETA

 

Local: Arena Independência.

Hora: Às  11h (Brasília).

Motivo: 3° rodada do Campeonato Brasileiro.

Arbitragem: Wagner do Nascimento Magalhães, Rodrigo Henrique Correa e Thiago Henrique Neto Correa Farinha.

Gols: Robinho, aos 35 minutos do 1°T; Lucca, aos 2 e aos 4, Rafael Moura, aos 34 minutos do 2°T.

Cartão amarelo: Fábio Santos, Otero (ATL); Nino Paraíba, Kadu (PON).

Público/Renda: 19.553/ R$ 485.735,00.

 

ATLÉTICO: Victor, Marcos Rocha, Felipe Santana, Gabriel e Fábio Santos; Adilson (Maicosuel), Rafael Carioca, Elias e Cazares (Rafael Moura); Robinho (Otero) e Fred. Técnico: Roger Machado.

 

Ponte Preta: Aranha, Nino Paraíba, Marllon, Kadu e João Lucas; Naldo, Elton, Wendel (Rodrigo) e Ravanelli (Léo Artur); Lucca e Lins (Claudinho). Técnico: Gilson Kleina.

 

Por Eduarda Moreira