Em busca do faro de gols!

Contra a Chapecoense, Fogão quer reencontrar o caminho do gol e melhorar as finalizações! 

 

 

 

Camilo é a esperança do Botafogo. Fonte: Botafogoonline

 

Na quinta colocação do Brasileirão, o Botafogo vem passando por uma seca de gols, e recebe a Chapecoense para fazer as pazes com a meta adversária. O time catarinense, tem a segunda pior defesa do Brasileirão, atrás somente do Santa Cruz, que sofreu 59 gols, contra os 52 da Chape.

O último treino já aconteceu de portas fechadas, e o treinador alvinegro fez mistério quanto a escalação. Jair aposta nas jogadas aéreas contra a Chapecó, e deve mudar o posicionamento da equipe em campo.

Sassá está fora, por suspensão automática. Neilton e Rodrigo Pimpão, compõe o ataque.

“ – Temos duas maneiras, até três, quatro, de jogar. Estou com algumas dúvidas ainda, mas até amanhã vou ter resolvido isso (risos). Até brinquei na última vez que entramos com três atacantes e não conseguimos marcar, falaram que não deu certo, mas criamos 18 oportunidades. Isso depende do comportamento, não do sistema” – analisou Jair.

 


Provável escalação. Foto: Globo Esporte

 

O comandante promete um time mais ofensivo para este jogo e quer surpreender a torcida Alvinegra, por isso treinou bastante cobranças de falta, com Camilo. Já a Chapecoense, que não tem mais chances de rebaixamento, busca o título do Campeonato Sul - Americano e\ou até mesmo uma vaga para a  Libertadores.

O mando de campo é do Bota, que vem buscando seu espaço na segunda fase do campeonato, está em 5º lugar na tabela, com 55 pontos. Com a segunda melhor campanha do returno, o Botafogo, vem de dois empates, e sofreu apenas dois gols, nos últimos sete jogos.

 

BOTAFOGO X CHAPECOENSE


Local: Arena Botafogo, Rio de Janeiro (RJ)
Data e horário: quarta-feira, 19h30 (horário de Brasília)
Escalação provável do Botafogo: Sidão; Alemão, Carli, Emerson e Victor Luís; Airton, Lindoso, Bruno Silva (Diogo Barbosa) e Camilo; Neilton e Pimpão

Arbitragem: Dewson Freitas da Silva (PA) apita o jogo, auxiliado por Márcio Gleidson Correia Dias (PA) e Helcio Neves (PA).

Isa Estrela