BOTAFOGO X BANGU: PORTÕES FECHADOS, ESTREIA DE HONDA E O ALLAX NÃO CAI

Todo mundo sabe que “tem coisas que só acontecem com o Botafogo”. Mas até o alvinegro mais pessimista se consideraria um sujeito de sorte se soubesse das coisas que acontecem com o Bangu. Então, se tiver que acontecer algo muito excepcional no campeonato - tipo, sei lá, a proibição da presença de torcidas por risco de contaminação por um vírus que está se espalhando por todo o planeta - não tinha como ser em outra rodada do Estadual que não nesta. No domingo (15), Botafogo e Bangu se enfrentam no estádio Nilton Santos às 16h com os portões fechados. A medida visa atender às determinações do governo estadual no combate ao coronavírus.

O clima entre os torcedores banguenses, pra variar, não é dos melhores. A derrota nos acréscimos para o Boavista (merecida após mais uma péssima atuação) pôs fim a qualquer esperança que ainda podia existir de emplacar uma boa campanha e chegar às semifinais da Taça Rio. 

Treino do Bangu (Foto: Raphael Santos/Bangu)

 

O jogo contra o Botafogo ainda tem o complicador de ter, do lado alvinegro, a aguardada estreia de Honda. Principal contratação do Botafogo para a temporada, o habilidoso japonês finalmente entrará em campo neste domingo. Se a defesa alvirrubra tiver o mesmo desempenho da última partida, com falhas grotescas e nenhuma qualidade, Honda não terá dificuldade em marcar e corresponder a toda a expectativa da torcida sobre ele. 

O time do “intocável” Eduardo Allax, que permanece como técnico mesmo tendo um desempenho medíocre à frente do time, encerrou os treinos da semana em Moça Bonita com um rachão, e já seguiu para a concentração para a partida. A provável escalação do time é a mesma que entrou em campo na semana passada contra o Boavista: Matheus Inácio; Juliano, Michel, Rodrigo Lobão e Dieyson; Felipe Dias, Josiel e Juan Felipe; Octávio, Jairinho e Rocha.

 

BOTAFOGO X BANGU

 

Data e horário: 15/03/2020, às 16h

Local: Estádio Nilton Santos (Engenhão) - Rio de Janeiro/RJ

Árbitro: Yuri Elino Ferreira da Cruz

Assistentes: Carlos Henrique Alves de Lima Filho e Rafael Sepeda de Souza

 

Por: Gabriella Lima

 

*Esclarecemos que os textos trazidos nesta coluna não refletem, necessariamente, a opinião do Blog Mulheres em Campo.