BOTOU NO BOLSO!

Corinthians vence por 2x0 o Botafogo e segue sem perder depois da pausa para a Copa América

 

Seguimos! Foto: Danilo Fernandes

 

O duelo entre alvinegros, foi um daqueles jogos de um time só. A equipe de Parque São Jorge, dominou os cariocas do início ao fim, venceu fácil por 2x0, sem contar a chuva de gols perdidos e colou de vez no G4.

Carille parece ter realmente dado jeito no elenco alvinegro. O time venceu e convenceu. Enquanto o adversário não representou perigo algum. Walter que substituiu  Cássio, quase não trabalhou na partida. A bola passou a maior parte do tempo no campo de ataque do Timão, mas teimava em não entrar. Gatito operou alguns milagres,  acreditem, foram realmente milagres.

Mateus Vital, Pedrinho e Boselli tentaram superar o goleiro, sem sucesso. Dava gosto de ver o Corinthians em campo, o time se impôs como dono da casa e colocou o Botafogo no bolso!

De tanto insistir, o Corinthians conseguiu abrir o placar no finalzinho na primeira etapa com Boselli. A jogada começou nos pés de Pedrinho, que cruzou, restando apenas ao camisa 17, empurrar para as redes. Antes do apito, Pedrinho deu trabalho para o goleiro do botafoguense, que impediu o 2 a 0.

 

Boselli abriu o marcador. Foto: Danilo Fernandes


 

Na segunda etapa o Corinthians se fechou e deu a bola para o adversário. O time continuou chegando com qualidade, e assim ampliou aos 10 minutos. Everaldo aproveitou rebote de Gatito, depois de chute de Pedrinho e ampliou o placar. Foi o primeiro gol oficial dele com a camisa do Corinthians.

Nessa hora os cariocas perderam a linha. Cícero e Gilson começaram a discutir e tiveram de ser contidos pelos seus companheiros.

Os minutos finais de jogo, foram mais do mesmo. E no fim ficou mesmo 2 a 0.

A vitória aumenta a série de invencibilidade e dá tranquilidade para o time encarar o Fluminense na quinta-feira pela Copa sul-americana. O Corinthians tem dado conta do recado e no miudinho conseguiu chegar a zona de classificação da Libertadores e sabe que pode ir muito além, é só seguir o que tem sido feito!

 

 Por Mariana Alves