Confronto de Verdões marca o início do recomeço da Chapecoense

Com direito a transmissão em rede nacional e Galvão Bueno na narração, Chapecoense faz seu primeiro jogo após tragédia

 
A imagem pode conter: texto
Foto: Chapecoense Oficial
 
 
Como diz a música do Tiago Iorc, "O coração dispara, tropeça quase pára" essa é a sensação pré jogo. Hoje, 21 de Janeiro de 2017, é o começo da nova era. A Chape que há quase dois meses perdeu seu elenco, sua diretoria e um do seus maiores sonhos, inicia uma caminhada longa. Uma reconstrução com muito apoio, com muita força, muita determinação. 
O jogo contra o Palmeiras, será o primeiro dia em que a torcida voltará ao estádio pra cantar "Vamo, Vamo Chape" mas com mais vigor, com mais garra, com mais alegria. 
Os ânimos estão à flor da pele, a ansiedade e o nervosismo tomam conta dos jogadores, das famílias, dos Chapecoenses, dos simpatizantes com o clube, mas principalmente de todos amantes do futebol. 
Não será apenas um jogo, mas sim "O JOGO". 
Como diria Galvão Bueno, aguenta coração! 
O coração vai parar, acelerar, bater forte, e presenciar um dos momentos mais importantes para nossa querida Chape. O jogo da amizade, como foi nomeado, é o jogo mais esperado, talvez nem a liberta seja tão aguardada...
Não tem emoção maior do que poder ver um clube se reerguer em pouco mais de 50 dias. Mas, isso não me surpreende afinal somos a Chapecoense, somos Gigantes, somos o maior do oeste, nós unimos torcidas, unimos o mundo. 
E agora mais que nunca vamos continuar mais unidos e mais fortes!"
 
 
Com carinho Larissa Del Berto