Cabeça quente e descontrole emocional marcam a derrota da Macaca para o Atlético-PR.

C:\Users\Denise\Documents\Blog\5.png

Fonte: Globo Esporte

 

A Ponte foi derrotada por 3x0 na Arena da Baixada em um jogo marcado por falhas e descontrole do time da Macaca.  

Na última quarta-feira (21), a Macaca foi eliminada na Copa do Brasil e o reflexo do abatimento apareceu em campo contra o Atlético Paranaense.

O time alvinegro até que começou bem, segurando a pressão do adversário, mas o abatimento dos jogadores era nítido. Sem grandes emoções, no final da primeira etapa, Fábio Ferreira cometeu pênalti desnecessário em Thiago Heleno e o Atlético-PR abriu o placar. Por reclamação, Roger e Clayson receberam cartão amarelo e Clayson está fora da próxima partida, para alegria da torcida Pontepretana que ainda não engoliu suas falhas nos últimos jogos.

O Segundo tempo, foi marcado pela entrada de Willian Pottker aos 8’ e quatro minutos depois, sua expulsão ao dar um soco em Luan aos 13’ do segundo tempo. Perdida em campo, cometendo faltas bobas, a Macaca tomou outros dois gols, aos 21’ e aos 32’.

A Ponte volta a campo no próximo sábado contra o Atlético Mineiro às 16h30 no Majestoso.

 

Ficha Técnica:

Atlético-PR: Weverton; Léo, Paulo André; Thiago Heleno e Nicolas; Otávio, Matheus Rossetto e Lucho González (João Pedro); Lucas Fernandes (Giovanny), Pablo e Luan (Marcão). Técnico: Paulo Autuori.

Ponte Preta: Aranha; Jeferson, Antonio Carlos, Fábio Ferreira (Douglas Grolli) e Reinaldo; Maycon, João Vitor, Thiago Galhardo e Felipe Azevedo (Willian Pottker); Clayson e Roger. Técnico: Eduardo Baptista.

Gols: Thiago Heleno (46’ do primeiro tempo e aos 32’ do segundo tempo); Léo (21’ do segundo tempo).

Cartões Amarelos: Ponte Preta – Antonio Carlos, João vitor, Roger, Clayson e Reinaldo; Atlético-PR- Léo e Thiago Heleno.

Cartão Vermelho: Willian Pottker.

Árbitro: Nielson Nogueira Dias


 

Por Anna Leticia Beck