CADA RAIVA QUE A GENTE PASSA

Era só vencer para conseguir entrar no seleto grupo dos quatro primeiros colocados, mas o CRB gosta de brincar com a nossa cara e conseguiu a proeza de perder. 

 

Mesmo sendo mais expressivo em campo, o CRB foi derrotado em casa pelo Vitória-BA.

(Foto: @CRBoficial) 

 

Saudações alvirrubras!

 

Domingão ensolarado, cerva gelada, churrasco no quintal e depois disso era hora de de ir para o Trapichão. Era hora de ir passar raiva, nervoso de ver mais uma vez a chance que a gente tinha de entrar ali no G-4 escapar de uma maneira dolorosa. 

Aí eu me pergunto: o G-4 tem espinhos para que a gente consiga chegar lá e ficar de vez? O que acontece que quando a gente precisa de uma mísera vitória o time parece que sente a pressão e não consegue triunfar? O que passa na cabeça dos jogadores que quando a gente chega assim tão perto de entrar no grupo que vai para o paraíso, a gente acaba no meio do purgatório? 

Oh gente, há  quantos anos que o Regatas não nos dá a satisfação de brigar pelo acesso à Série A? Há quantos anos a gente vive feliz e iludido e no fim tudo acaba em pizza? 

O quê acontece que os jogadores nos chamam para lotar o Rei Pelé e chega na hora os caras nos "agraciam" com derrota? Esse 2019 está sendo de raiva atrás de raiva quando o time joga em casa. Oito meses se passaram desde que a temporada começou e, pelo menos nesse Brasileirão, o time vem tropeçando de maneira grotesca em seus domínios. 45% de aproveitamento em casa... 45%... Era para ser mais né gente. Um time que almeja a Série A não pode se dar ao luxo de desperdiçar essa quantidade de pontos. Ah mas vão falar que foi uma única falha no jogo de hoje, que foi um momento de desatenção… Só acho que tem horas que a gente que é torcedor é feito de palhaço. 

Desde o começo da década que não temos a "graça" de ganhar dos baianos. Mas como a fase é boa, a gente acreditou até o último minuto. O Regatas teve a maior posse de bola, mas como dizem posse de bola não ganha jogo. A quantidade de chutes também foi favorável ao Alvirrubro, mas quando era para ir na direção do gol os visitantes nos deram mais sustos. Mesmo jogando em casa, com a torcida a favor e buzinaço nível hard, o Vitória conseguiu marcar seu gol ainda no primeiro tempo, depois de Silvestre cometer um pênalti em Caicedo. Gedoz foi para a bola e estufou as redes para garantir os três pontos do time baiano na nossa casa, NA NOSSA CASA! CRB 0x1 Vitória. 

Qual vai ser a desculpa a ser dada depois dessa derrota? Ensina para o amiguinho Silvestre que não pode derrubar o adversário dentro da nossa área. Tem que pegar no "pé" dos jogadores para que a pontaria seja melhorada, para que tenham calma no momento do último passe, para que os nossos gols sejam marcados. Não precisa ter medo do G-4. Depois de anos sofrendo aí na B, já está mais do que na hora da gente ir para a A. Colabora CRB, colabora! 

Não faz isso comigo Regatas, não faz eu me iludir primeiro para depois chorar de raiva. 

A única coisa boa do jogo foi brindar com os amigos na arquibancada, mas independente de qualquer coisa: Nosso lema é amor ao CRB.

O CRB, com a derrota, cai para a oitava colocação na Série B. O time volta a campo na próxima quarta-feira (21), em Campinas, onde enfrentará a Ponte Preta, às 21h:45, no Estádio Moisés Lucarelli. 

 

Sempre estarei contigo Galo! 

 

Por Adri Domingos