CAMPEONATO ARGENTINO FEMININO É REALIDADE

 

 As capitãs de todas as equipes que vão disputar o 

Primeiro Torneio Profissional de futebol feminino da

 Argentina  juntas para tirar uma foto com a tão cobiçada taça. 

(Fonte: @LucilaGuede) 

 

Pela primeira vez na história da Argentina, será disputado o Torneio Profissional de futebol feminino, que terá seu início no dia 21/09 (sábado). 

 

As 17 equipes que vão em busca da taça são: Boca Juniors, River Plate, Racing, Platense, Satsaid, El Porvenir, Rosário Central, Gimnasia (LP), Villa San Carlos, Lanús, Huracán, San Lorenzo, Estudiantes (LP), Independiente, Defensores de Belgrano, UAI Urquiza e Excursionistas. 

 

Os sorteios dos confrontos aconteceu nesta quinta-feira (12), e já de cara terá um jogaço: Boca Juniors x River Plate. Além do Superclássico, os confrontos da primeira rodada ficaram assim:

 

                Fonte: @futfemprof 

 

Na competição, serão todas contra todas, em turno único. Após isso, as oito melhores colocadas passarão à Fase Campeonato, onde vão "de fato" correr atrás da taça, e as nove equipes restantes entrarão na Fase Permanência, onde as três últimas colocadas serão rebaixadas. 

 

Assim como o Boca Juniors, onde todas as jogadoras assinaram contratos profissionais, outros clubes também tiveram a mesma iniciativa de profissionalizar a categoria feminina. O Lanús já apresentou seu plantel feminino para a disputa da competição e dentre todas, oito já assinaram seus contratos com a equipe. 

 

Karina Medrano, técnica do clube Granate, em entrevista coletiva falou sobre o desafio de ser mulher e comandar uma equipe:

 

"Eu jogo futebol desde sempre e não há diferença entre homem e mulher para comandar. É muito bom ver cada dia mais mulheres à frente das equipes como acontece no Huracán, Banfield ou Excursionistas. 

 

E sobre as jogadoras assinarem contratos com o time ela foi enfática:

"Para mim, todas teriam que ser contratadas. Eu exijo o mesmo para todas". 

 

Após o fim do evento de apresentação do torneio, muitas jogadoras deram entrevista e falaram sobre a expectativa da disputa deste primeiro torneio profissional de futebol feminino. Muito entusiasmada, Delfina Becaccece, jogadora do SAT disse:

 

"Para nós é algo novo. Logo de passarmos dois anos seguidos  na B, conseguimos o acesso à primeira divisão e justamente no primeiro torneio profissional. É algo muito importante para todas, estamos muito contentes e aguardamos com  grandes expectativas os jogos". 

 

Todos terão a oportunidade de ver as meninas em campo, pois os jogos serão televisionados. Além disso, haverá um programa, uma vez por semana, que será dedicado a mostrar os gols de cada rodada. 

 

O futebol feminino vem com força total! Cada conquista merece ser aplaudida de pé! 

 

 A taça que será erguida pela equipe 

campeã é linda demais! 

Fonte: Divulgação. 


 

Por Adri Domingos