CAMPEONATO FEMININO: CRUZEIRO X ATLÉTICO

 

As Cabulosas empatam em casa, perdem a chance de assumir a liderança, mas ainda essa semana enfrentam novamente o Atlético 

 

(Imagem: reprodução canal do YouTube do Cruzeiro)

 

Cruzeiro e Atlético se enfrentaram pela segunda rodada do Campeonato Mineiro de futebol Feminino nesta terça-feira (8), às 15h, na Toca da Raposa I. Apesar da competição já estar adiantada, este duelo aconteceu apenas agora pelo pedido de adiamento pelo próprio Cruzeiro após 10 atletas testarem positivo para covid-19. 

Recuperadas e em busca do bicampeonato, as Cabulosas foram bem determinadas para o clássico mais importante do futebol mineiro. O jogo começou bem truncado, com as duas equipes procurando falhas das adversárias. O Atlético forçando pelo lado esquerdo e o Cruzeiro trabalhando os dois lados de campo. O primeiro tempo acabou com o empate de 0 a 0. 

A vitória seria muito importante para as Cabulosas que assumiriam a liderança. O campeonato conta apenas com 4 equipes: Cruzeiro, Atlético, América e Ipatinga. Os clubes se enfrentam em 6 rodadas e apenas as duas melhores campanhas fazem a final em jogo único. A vantagem do primeiro lugar é decidir em casa. 

O segundo tempo começou e logo aos 3’, a atleticana Gabizinha foi expulsa em um lance sem bola. Com a vantagem de uma jogadora a mais, as Cabulosas pressionaram e tiveram boas oportunidades. Aos 24’, Vanessinha perdeu a melhor chance Celeste, porém, já no finalzinho do jogo a equipe alvinegra também tentou pressionar, porém nada adiantou! 

(Imagem: reprodução Canal do YouTube do Cruzeiro – Tabela do Campeonato)

 

O empate por 0 a 0 foi ótimo para o Atlético, que com três vitórias e um empate segue líder com 10 pontos, dois a mais que o Cruzeiro. Ainda sim as Cabulosas podem assumir a liderança nos próximos jogos. 

Ao final do jogo o técnico cruzeirense Marcelo Frigério destacou que o emocional, principalmente na etapa inicial, atrapalhou o desempenho de suas atletas. Mencionou também que elas vêm de desgaste físico causado pelo coronavírus, além de datas de jogos próximos que não possibilitam treinamentos mais adequados. Segundo Frigério, os próprios jogos servem para melhora do condicionamento das jogadoras, mas garantiu que no próximo duelo, as Cabulosas estarão mais preparadas. 

 


(Imagem: reprodução Canal do YouTube do Cruzeiro-

Vanessinha, artilheira do Campeonato Mineiro)

O jogo não foi ruim. A equipe Celeste teve condições de ganhar, mas o empate foi justo. Interessante como o clássico mexe com a torcida que assistiu a transmissão da partida pelo canal no YouTube do Cruzeiro. Em determinado momento, mais de 6.100 pessoas apoiavam o seu futebol feminino. 

O próximo jogo do Cruzeiro feminino será outra vez contra o Atlético-MG, agora pela 5ª rodada do Mineiro, na Vila Olímpica, na sexta-feira (11), às 15h. 

#AsCabulosas 

Ficha técnica: 

Cruzeiro x Atlético-MG

Motivo: 2ª rodada do Campeonato Mineiro de Futebol Femino

Local: Toca da Raposa I

Hora: 15h

Arbitragem: Raphael Noeinstein de Araújo Alves

Cruzeiro: Menezes, Janaína, Pires, Thamirys, Eskerdinha, Capelinha (Dedê), Micaelly (Thalita), Vanessinha, Duda, Mariana Santos e Miriã (Kim Campos) Técnico Marcelo Frigério.

Atlético: Amanda, Lorrany, Flávia Gil, Carol, Ilana, Nathalia, Bruna (Brenda), Pissaia (Lorena), Guedes (Manu), Joyce e Milena (Gabizinha). Técnico Hoffmann Túlio. 

 

Por Sam Bella, colunista do Cruzeiro. 

 

*Esclarecemos que os textos trazidos nesta coluna não refletem, necessariamente, a opinião do Portal Mulheres em Campo.